Abraão de Clermont

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Abraão de Clermont foi um monge cristão que viveu no século V.

Nascido às margens do rio Eufrates, emigrou para o Egito, fugindo da perseguição persa.

Em território egípcio, foi aprisionado por ladrões, mas conseguiu "escapar para o Ocidente e se estabeleceu no Auvergne, como eremita" (Saxer, p. 31). Mais tarde, assumiu a liderança do mosteiro de Saint-Cirgues, nas proximidades de Clermont-Ferrand.[1]

Morreu por volta de 479[2]. Após sua morte, teve seu epitáfio composto por Sidônio Apolinário, e sua biografia publicada por Gregório de Tours.

Venerado na Igreja Ortodoxa Síria, Sua festa é celebrada em 15 de junho. Ele também é um santo padroeiro contra a febre.

Referências

  1. Saint Gregory (Bishop of Tours) "Life of the Fathers", published by Liverpool University press, 1985, p.20
  2. ABRAHAM OF CLERMONT, ST. Retrieved on 1 Mar 2018
  • Saxer, V. "Abraão de Clermont". Dicionário de Patrística e Antigüidades Cristãs. Petrópolis: Vozes, 2002.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa religiosa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.