Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurashi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Abu Ibrahim al-Qurayshi
أبو إبراهيم الهاشمي القرشي
al-Qurashi em 2004
2.º Califa do Estado Islâmico do Iraque e do Levante
Período 31 de outubro de 20192 de fevereiro de 2022
Antecessor(a) Abu Bakr al-Baghdadi
Sucessor(a) Abu al-Hasan al-Hashimi al-Qurashi
Dados pessoais
Nome completo Amir Mohammed Abdul Rahman al-Mawli al-Salbi
Nascimento outubro de 1976
Tal Afar, Iraque
Morte 3 de fevereiro de 2022 (45 anos)
Atme, Síria
Nacionalidade iraquiano
Alma mater Universidade de Mossul
Religião Islã sunita
Serviço militar
Lealdade Flag of Iraq (1991–2004).svg Iraque Baathista (até 2003)
Flag of Jihad.svg Al-Qaeda (2003–2014)
Flag of the Islamic State of Iraq and the Levant2.svg Estado Islâmico do Iraque e do Levante (2014–2022)
Anos de serviço 2003–2022
Graduação Oficial militar (até 2003)
Vice-líder (2014–2019)
Califa (2019–2022)
Conflitos Guerra ao Terror

Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurashi[1] (Tal Afar, outubro de 1976Atme, 3 de fevereiro de 2022),[2] em árabe: أبو إبراهيم الهاشمي القرشي;[3] transliterações alternativas al-Qurayshi[4] e al-Quraishi[5]) foi um militante islâmico iraquiano e ex-comandante da organização auto-proclamada Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL).[6][7][8][9] Seu real nome é Amir Mohammed Abdul Rahman al-Mawli al-Salbi (em árabe: أمير محمد عبد الرحمن المولى الصلبي) e ele foi descrito como "um jihadista veterano".[10] Ele foi apontado pelo conselho Shura como novo Califa do EIIL em 31 de outubro de 2019, uma semana após a morte de Abu Bakr al-Baghdadi.[11]

O programa de recompensas do Departamento de Estado dos Estados Unidos havia estipulado a quantia de US$ 10 milhões de dólares em troca de informações que levassem a captura de al-Qurashi, quando ele exercia a figura de califa e líder da organização jihadista.[12]

Em 3 de fevereiro de 2022, o presidente americano Joe Biden anunciou que al-Qurashi foi morto durante uma operação militar empregada pelas forças especiais americanas em Atme, na província de Idlib, no noroeste da Síria, em local próximo da fronteira com a Turquia.[13] Abu cometeu suicídio por explosão que, além dele próprio, provocou a morte de outras 13 pessoas.[13]

Referências

  1. «Supporters Begin Flocking to New Islamic State Leader». Voice of America (em inglês). Consultado em 4 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2019 
  2. «Security Council ISIL (Da'esh) and Al-Qaida Sanctions Committee Adds One Entry to Its Sanctions List». Security Council: Press Release - the United Nations. 21 de maio de 2020. DOB: a) 5 de outubro 1976 b) 1 de outubro de 1976, 
  3. «تنظيم الدولة الإسلامية يعلن عن خليفة للبغدادي» (em árabe). Consultado em 31 de outubro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  4. Sanchez, Raf (1 de novembro de 2019). «Why Isil's new leader Abu Ibrahim al-Hashemi al-Qurayshi has inherited an empire in ruins». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  5. «Abu Ibrahim al-Hashemi al-Quraishi named IS leader». MEO (em inglês). 1 de novembro de 2019. Consultado em 4 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 4 de novembro de 2019 
  6. «O que se sabe sobre o misterioso novo líder do Estado Islâmico». BBC.com. 1 de novembro de 2019. Consultado em 26 de agosto de 2021 
  7. Strange, Hannah (5 de julho de 2014). «Islamic State leader Abu Bakr al-Baghdadi addresses Muslims in Mosul». The Telegraph. Consultado em 6 de julho de 2014 
  8. Hamid, Shadi (1 de novembro de 2016). «What a caliphate really is—and how the Islamic State is not one». Brookings (em inglês). Consultado em 5 de fevereiro de 2020 
  9. «Islamic State Group Names Successor to Al-Baghdadi». NBC Southern California (em inglês). Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  10. Chulov, Martin; Rasool, Mohammed. «Isis founding member confirmed by spies as group's new leader». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077. Consultado em 21 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 20 de janeiro de 2020 
  11. Chulov, Martin (31 de outubro de 2019). «Islamic State names new leader after death of Abu Bakr al-Baghdadi». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077. Consultado em 31 de outubro de 2019. Cópia arquivada em 31 de outubro de 2019 
  12. «Amir Muhammad Sa'id Abdal-Rahman al-Mawla». Rewards for Justice Program 
  13. a b CNN, Barbara Starr, Oren Liebermann, Jeremy Herb and Eyad Kourdi. «ISIS leader killed in US-led Syria raid, Biden says». CNN. Consultado em 5 de fevereiro de 2022