Academia Brasileira de Rimas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Academia Brasileira de Rimas
Informação geral
Origem São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Rap
Freestyle rap
Período em atividade 1999-meados da década de 2000
Afiliação(ões) Tio Fresh (SP Funk), MC Marechal, Thaíde, DJ Nutts
Integrantes Paulo Napoli, Kamau, Max B.O, Donão e Akin

A Academia Brasileira de Rimas (ABR) foi um grupo brasileiro de rap que esteve em atividade entre 1999 e meados da década de 2000. Formada pelos MCs Paulo Napoli, Kamau, Max B.O, Donão e Akin, a ABR se destacou pelo rap improvisado, o popular freestyle rap.[1]

Formado no dia seguinte a morte do dramaturgo Dias Gomes, integrante da Academia Brasileira de Letras, o grupo resolveu homenageá-lo criando a ABR, que foi extinta sem lançar nenhum disco, mas com vários sons gravados, sendo considerado um dos que mais expandiram o novo rap.[1][2] Ela foi encerrada para os quatro integrantes se dedicarem aos trabalhos solo.[3]

Referências

  1. a b «A Academia Brasileira de Rimas « .per raps.». perraps.wordpress.com. Consultado em 24-Agosto-2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «coquetel molotov». www.coquetelmolotov.com.br. Consultado em 24-Agosto-2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «max mestre do freestyle, cadastrado no x-files». www.abureta.hpg.ig.com.br. Consultado em 24-Agosto-2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.