Academia Portuguesa de Ex-Líbris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Academia Portuguesa de Ex-Libris
Fundação 12 de novembro de 1952 (65 anos)
Categoria Ex-Librismo
Presidente Sérgio Avelar Duarte, 2013 à actualidade.
Sede Rua do Jasmim, Lisboa Portugal
Abrangência Portugal e estendido a países de língua portuguesa
Ex-Líbris de Fernando Teixeira

A Academia Portuguesa de Ex-Libris é uma associação sem fins lucrativos, sediada em Lisboa[1], que se dedica à promoção, estudo e divulgação dos ex-libris.

História[editar | editar código-fonte]

A associação nasceu quando na década de 1950, o número crescente de coleccionadores e de interessados residentes em Portugal permitiu a institucionalização da organização e o início de um conjunto de actividades ligadas à ex-librística, que incluiu, a partir de 1955, a publicação de uma revista, o Boletim da Academia Portuguesa de Ex-Libris, dedicando espaço não apenas aos ex-libris mas também à heráldica, genealogia e bibliofilia.

É membro da Fédération International des Sociétés Amateurs ď Exlibris (F.I.S.A.E.).

Dos livros publicados e disponíveis em Portugal desta temática destaca-se um lote de opúsculos sobre ex-líbris.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

  • João Jardim de Vilhena de 24.4.52 a 11.1953[2];
  • Carlos Lobo de Oliveira de 11. 1953 até 4. 2. 1972;
  • Manuel Arnao Metello, 01.1981 a 03. 1984;
  • Manoel Lancastre Bobone, o3.1984 a 12.10.1990;
  • Sérgio Avelar Duarte, 12.10.1990 a 1999;
  • Segismundo Manuel Peres Ramires Pinto, 1999 a 2013;
  • Sérgio Avelar Duarte, 2013 à actualidade

Ex-líbris oficial[editar | editar código-fonte]

O ex-líbris oficial da instituição foi criado em 1954 desenhado por António Lima e a gravura de Mestre Paes Ferreira.[3]

Publicações especializadas[editar | editar código-fonte]

Publica o Boletim da Academia Portuguesa de Ex-Libris.[4] A Academia Portuguesa de Ex-Líbris, deixou de publicar o seu Boletim com regularidade, embora tenha organizado o X Encontro Nacional de Ex-Libristas (1993) e quatro exposições temáticas em 1998 e 2003.

Guia de publicações[editar | editar código-fonte]

  • Manual de Ex-Librística. Fausto Moreira Rato. Imprensa Nacional Casa da Moeda. Lisboa. 1976. Brochado. Bastante ilustrado. 238 pp.
  • A Linguagem de um Ex-Líbris. João Paulo de Abreu e Lima. Separata do Boletim da Academia Portuguesa de Ex-Libris, Ano XII, n.º41. Braga. 1967. 14 pp.
  • Lista de Ex-Libris Heráldicos Portugueses. Castro e Almeida. Tipografia Lousanense. Lousã. 1971. Brochado. 159 pp.
  • O Ex Libris. Manuel Esteves. Editora Gráfica Laemmert Limitada. Rio de Janeiro. 1956. Brochado. Ilustrado. 197 pp.
  • 2ª Exposição Municipal de Ex Libris. Prefeitura do Distrito Federal - Secretaria Geral de Educação e Cultura - Biblioteca Municipal. Rio de Janeiro. 1953. Brochado. Ilustrado. 63 pp.
  • Arquivo Brasileiro de Ex Libris. 1ª Serie 500 Ex Libris A-Z. Octavio de Campos Tourinho. Prefácio de Otto Floriano. Rio de Janeiro. 1950. Brochado. 140 pp.
  • Exposição de Ex-Libris Portugueses. Séculos XVI a XX. Publicações do Real Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro. 1958. Brochado. 52 pp.
  • Ex-Libris. Gouveia Osório. Separata da revista Beira Alta. Viseu. 1966. Brochado. 11 pp.
  • Catálogo da Exposição Comemorativa do I Encontro Nacional de Ex-Libristas. Tipografia Marques. Figueira da Foz. 1977. Brochado. 57 pp.
  • Segunda Exposição de Ex-Libris em Viseu (de 19 de Setembro a 5 de Outubro do ano de 1970). Biblioteca Pública Municipal. Viseu. 1970. Brochado. 52 pp.
  • Um Maitre Xylographe de L'Ex-Libris - Charles Favet. Paul Petitot. Renaissance. Troyes. 1960. Brochado. 24 pp.
  • El Ex Libris y Su Uso por los Médicos y Farmacéuticos. Laboratorios del Norte de España, S.A. Barcelona. 1941. 25 pp.
  • Que é um Ex-Libris?. J. Almeida Lucas. Separata do Almanaque Serões. Lisboa. 1940. Brochura. Ilustrado. 16 pp.
  • Os Ex-Libros desenhados. António Piedade (com um estudo preliminar de J. Salinas Callado). Tipografia Peninsular. Figueira da Foz. 1933. Brochado. Ilustrado. 87 pp.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Na Rua Jasmim, 14, 1.º - Príncipe Real.
  2. Boletim da Academia Portuguesa de Ex-Líbris, nº. 92
  3. Informação fornecida por Segismundo Manuel Peres Ramires Pinto, membro e ex-presidente da referida instituição.
  4. FISAE. Portal FISAE. Acesso em 23 de novembro de 2016.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]