Academia Real das Ciências da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Academia Real das Ciências da Suécia

Kungliga Vetenskapsakademien
Main building of the Royal Swedish Academy of Sciences (Kungliga Vetenskapsakademien), Frescati, Norra Djurgården, Stockholm.jpg
Sede da Academia
Organização
Missão Promover as ciências e fortalecer a sua influência na sociedade.
Localização
Sede Estocolmo
Histórico
Criação 2 de junho de 1739
Sítio na internet
http://www.kva.se/

A Academia Real das Ciências da Suécia (em sueco Kungliga Vetenskapsakademien) foi fundada durante o reinado de Frederico I, em 1739, pelo naturalista Carl Linnaeus, pelo industrial Jonas Alströmer, pelo engenheiro mecânico Mårten Triewald e pelo político Anders Johan von Höpken.[1][2][3]

Organizada nos moldes da Royal Society de Londres e da Académie des Sciences de Paris, é uma sociedade científica independente que visa promover as ciências , especialmente as ciências naturais e as matemáticas.

Comitês da Academia realizam a seleção e atribuição do prêmio Nobel de física, química e economia e mais os seguintes prêmios internacionais:

Referências

  1. História da Academia
  2. «Kort om akademien (Sobre a academia (em sueco). Academia Real das Ciências da Suécia (Kungliga Vetenskapsakademien). Consultado em 2 de novembro de 2016. 
  3. «Vetenskapsakademien» (em sueco). Projekt Runeberg. Consultado em 2 de novembro de 2016. 
  4. «Crafoord Prize». The Royal Swedish Academy of Sciences. Consultado em 18-10-2007. 
  5. «Rolf Schock Prizes». The Royal Swedish Academy of Sciences. Consultado em 18-10-2007. 
  6. «Gregori Aminoff Prize». The Royal Swedish Academy of Sciences. Consultado em 18-10-2007. 

Ligação externa[editar | editar código-fonte]