Acapulco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Acapulco de Juárez

Acapulco

—  Cidade  —
Vista da cidade
Vista da cidade
Brasão de armas de Acapulco de Juárez
Brasão de armas
Lema: A Pérola do Pacífico
Acapulco de Juárez está localizado em: México
Acapulco de Juárez
Coordenadas 16° 51' 59" N 99° 52' 57" O
País  México
Estado Guerrero
Municípios Acapulco de Juárez
Fundação 12 de março de 1550
Fundador Fernando de Santa Ana e 29 chefes de família
Administração
 - Prefeito Luis Walton
Área
 - Total 1 880,60 km²
Altitude 30 m
População (2010)
 - Total 673 479
    • Densidade 327 hab hab./km²
 - Metropolitana 863 438
Gentílico: Acapulquenho (a)
Código postal 39300 - 39937
Sítio Municipalidade de Acapulco

Acapulco (ou Acapulco de Juárez, nome oficial) é uma cidade e porto mexicano localizado no estado de Guerrero, ao sudoeste do país. É cabeceira do município homônimo.

Sua baía semicircular foi batizada com o nome de Santa Lúcia, correspondente ao dia de seu descobrimento por navegantes espanhóis. Acapulco se divide em três grandes zonas turísticas conhecidas como: Acapulco Tradicional, Acapulco Dourado e Acapulco Diamante.

Significado do nome[editar | editar código-fonte]

A palavra Acapulco provem do náhuatl: ácatl carrizo o cana, poló (destruir o arrasar) e co (povo ou lugar), o que em conjunto quer dizer "No local foi arrasado e destruído os juncos". Também existe outra versão que indica que provavelmente provem de: ácatl (cana), pul (aumentativo) e co (lugar), "lugar de canas grandes". Enquanto alguns autores a aceitar o primeiro, Sociedade Acadêmica de História, concordam que a segunda é uma tradução mais exata, especialmente porque normalmente chamada cana de açúcar chegou muito depois da conquista espanhola, enquanto a cana de milho, obviamente, é de origem indígena. Além disso, foi sugerido que a palavra deriva das palavras em latim aqua (água) e pulchra (limpo ou bonito).

Em 27 de junho de 1873, como homenagem ao então recém falecido ex presidente Benito Juárez, se rebautizou o município com o nome oficial de Acapulco de Juárez[1].

História[editar | editar código-fonte]

Após a sua descoberta pelos espanhóis, em 1531, por Hernán Cortés, deu-se logo a sua fundação, tornando-se o porto da cidade num estaleiro das naus espanholas que navegavam entre o México e o Sudoeste Asiático.

O porto segue a ter uma grande importância, nomeadamente nas exportações de produtos como o algodão, as frutas tropicais, a cana-de-açúcar, o café, o tabaco e outros produtos que advêm do interior do país. A rede de transportes, com destaque para a estrada de ligação à Cidade do México, estabelece uma complementaridade eficiente com as facilidades marítimas.

O anfiteatro da baía é habitada desde 3.000 a.C. e os primeiros assentamentos formais ocorreram no século XIII da nossa era por várias tribos olmecas que fundaram Tambuco entre Long Beach e Cerro de la Aguada e Ycacos entre El Monte Guitarrón, Punta Bruja e A Truncheon.

Vista de Acapulco em 1628 pelo engenheiro holandês Adrián Boot.

A primeira exploração dos espanhóis foi quando chegaram em 13 de dezembro de 1523 sob o comando de Juan Rodríguez de Villafuerte. Foi fundada por Fernando de Santa Ana e 29 chefes de família no ano de 1550, em seguida foi chamada de Cidade dos Reis. Pouco tempo depois, encomendado pela Realeza Espanhola o frade Andrés de Urdaneta atravessou o Pacífico a partir do arquipélago das Filipinas a fim de encontrar a melhor rota, esse processo de idas e vindas dos espanhóis foi durante mais de 250 anos comunicando às colônias da asiáticas com a Península Ibérica.

Edificios da zona de Icacos em Acapulco.

De 1571 a 1815, Acapulco tornou-se uma vez por ano por cerca de dois meses no ponto de comércio mais ativo e dinâmico da Nova Espanha, superando até mesmo o Porto de Veracruz. A população triplicou durante o dia, que atingiu os galeões carregados com belas nividades do Oriente, como China, Japão, Ceilão, Damasco.

Em 28 de novembro de 1799, Charles IV deu o título de cidade para Acapulco. E começaram a se estabelecer em 1550 Fernando de Santa Anna.

Uma vez consumada a Independência, Acapulco era parte do estado do México. Mas em 27 de outubro de 1849, a criação do estado de Guerrero tornou-a uma cidade do distrito de Tabares.

Edificios da zona do Club Deportivo em Acapulco.

Atualmente[editar | editar código-fonte]

A aglomeração de Acapulco é considerado a décima sétima maior aglomeração do México com um total populacional de 786.830 habitantes. A cidade se tornou uma estância turística mundial a partir dos anos 50, década em que o boom dos arranha-céus iniciou-se. É uma zona privilegiada economicamente, uma vez que situa-se 411 km ao sul da capital.

Especialmente entre dezembro e abril as temperaturas em Acapulco são muito agradáveis. Inserida nos planaltos costeiros do México em uma área denominada "tierra caliente", suas temperaturas ultrapassam frequentemente os 40 °C. Por outro lado, o clima é bastante úmido, com a estação das chuvas a decorrer entre maio e outubro, sendo designada, por vezes, de "Riviera Mexicana".

É o centro turístico mais importante do México e um dos mais importantes do mundo, dado o contexto natural paradisíaco, a nível do relevo, do clima e da vegetação tropical. O seu desenvolvimento económico é perfeitamente assente no turismo, com complexos turísticos, cinemas, grandes hotéis e centros de recreio que proporcionam uma boa qualidade de vida.

A cidade também é muito famosa por ter sido no 1º semestre de 1977 local de gravação de 3 episódios dos seriados mexicanos de autoria de Roberto Gomez Bolaños Chapolin Colorado e Chaves (episódios tidos como "especiais" por terem sido os únicos episódios gravados fora da Cidade do México). Tais episódios, devido à sua alta audiência, têm até hoje um avassalador sucesso na América Latina e no Brasil.

Em outubro de 1997, um violento furacão atingiu a cidade, fazendo vários estragos, como a destruição de estradas e pontes e a morte de cerca de 100 pessoas.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Evolução da população
Ano População
Total
População
Metro
+/-
1900 4.932 - -
1910 5.900 - Green Arrow Up Darker.svg 19.6%
1921 5 768 - Red Arrow Down.svg 2.2%
1930 6 529 - Green Arrow Up Darker.svg 13.1%
1940 9 993 - Green Arrow Up Darker.svg 53.0%
1950 28 512 - Green Arrow Up Darker.svg 185.3%
1960 49 149 113 475 Green Arrow Up Darker.svg 72.3%
1970 174 378 277 460 Green Arrow Up Darker.svg 254.7%
1980 301 902 456 819 Green Arrow Up Darker.svg 73.1%
1990 515 374 653 973 Green Arrow Up Darker.svg 70.7%
2000 620 656 791 558 Green Arrow Up Darker.svg 20.4%
2010 673 479 863 431 Green Arrow Up Darker.svg 8.5%
Fonte: INEGI[2]
Bairro Centro de Acapulco.

Acapulco é a cidade mais populoso do estado de Guerrero, superando por larga maioria a população na capital Chilpancingo. De acordo com os resultados que mostraram o II Senso Geral da População e Habitação, que efetuou o Instituto Nacional de Estatística, Geografia e Informática (INEGI), do México em 2005, a cidade tinha uma população total até agora de 616.394 habitantes, desse número, 294.769 homens e 321.625 mulheres..[3]

A Região Metropolitana de Acapulco é composta por seis aldeias da cidade do município de Acapulco de Juárez e quatro municípios de Coyuca de Benitez. Segundo a última contagem oficial e delimitação desenvolvido conjuntamente pelo Instituto Nacional de Estatística, Geografia e Informática, e pelo Conselho Nacional de População e a SEDESOL em 2005, a população total da região metropolitana era até este ano um total de 786.830 habitantes, colocando-a na décima para a sétima maior aglomeração urbana do México.[4]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Edificios de Magallanes em Acapulco.
Pedras La Quebrada.
Porto Marqués.
Forte de San Diego.
Mural em mosaico de Quetzalcóatl por Diego Rivera.

Atrações turísticas[editar | editar código-fonte]

  • Ilha da Roqueta
  • A virgem dos mares (monumento marinho submerso no mar)
  • La Quebrada
  • Palma Sola (petroglifos)
  • Murais de Diego Rivera na Exekatlkalli (Casa dos Ventos) de Dolores Olmedo
  • Forte de San Diego (Museo Histórico de Acapulco)
  • Fortín Álvarez
  • Catedral de Nossa Senhora da Soledad de Acapulco
  • Praça Álvarez Zócalo de Acapulco
  • Malecón
  • Parque de la Reina e Praça da Heróica Escola Naval Militar (Malecón)
  • Parque Papagayo
  • Museo Histórico Naval de Acapulco
  • Casa de la Cultura
  • Capilla Ecuménica de la Paz
  • Puerto Marqués
  • Pie de la Cuesta
  • Laguna de Coyuca
  • Laguna de Três Palos
  • Laguna Negra
  • Barra Vieja
  • Parque Nacional El Veladero
  • Centro Internacional de Convivencia Infantil (CICI)
  • Mágico Mundo Marinho
  • sifonia do Mar

Praias[editar | editar código-fonte]

Acapulco, como muitos outros destinos turísticos no México, tem várias praias, cujos nomes dizem respeito a fatos históricos, hábitos ou simplesmente causas naturais. Entre os principais portos são:

  • Praia Caleta y Caletilla
  • Praia Honda
  • Praia Langosta
  • Praia Manzanillo
  • Praia Tlacopanocha
  • Praia Hornos
  • Praia Condesa
  • Praia Icacos
  • Praia Pichilingue
  • Pie de la Cuesta
  • Praia Majahua
  • Praia Revolcadero
  • Praia Bonfil

Clima[editar | editar código-fonte]

Dados climatológicos para Acapulco
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima absoluta (°C) 36 36 38 37 41 37 38 37 37 37 37 41 37
Temperatura máxima média (°C) 31 31 31 32 32 33 32 33 32 32 32 31 32
Temperatura mínima média (°C) 22 22 22 23 25 25 25 25 24 24 23 22 25
Temperatura mínima absoluta (°C) 11 18 18 18 20 21 21 25 20 21 19 11 21
Precipitação (mm) 6 1 0 1 36 281 256 252 349 159 28 8 377
Fonte: BBC Weather Centre[5]

Educacão[editar | editar código-fonte]

Instituções de nível superior[editar | editar código-fonte]

No que diz respeito à entrega de ensino superior público, Acapulco tem oito unidades acadêmicas da Universidade Autónoma de Guerrero, estas são: Medicina, Enfermagem (N°2), Odontologia, Ciências Sociais, Administração e Contabilidade, Turismo, Ecologia Marinha e Ciências e Tecnologias da Informação.[6] A Junto com essa instituição, é o Instituto Tecnológico de Acapulco, fundada em 1975, que tem gradução em Arquitetura, Administração e Contabilidade, também em Engenharia bioquímica, Engenharia elétrica, Gestão de negócios e Ciências da Computação.[7] Além disso, o instituto oferece uma pós-graduação em Planejamento Empresarial e Desenvolvimento Regional.[8]

Entre as principais instituções de caráter privado se encontram:

Atividade econômica[editar | editar código-fonte]

Zona turística de Acapulco Diamante.

A população economicamente ativa do município é de 50,04%, que teve um aumento de 4,87% em relação aos anos 90. A atividade econômica predominante é no setor de serviços, que concentra a maior atividade, com 72,92%.

Esta atividade emprega cerca de 75 mil pessoas em 10 890 empresas vocacionadas para esse ramo produtivo. No setor secundário é usado 18,73% da população, segundo ranking no recrutamento de trabalho. Este setor emprega 34 323 pessoas. É o mesmo percentual que vem de 1990.

Este setor abrange apenas as necessidades básicas da população que vive predominantemente no setor dos serviços. Finalmente, há o primeiro setor, a sua oferta de trabalho é 13 426 pessoas, correspondendo a 7,38%, sem alteração desde 1990.

Cidades irmãs[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MARTÍNEZ CARBAJAL, 2005: 614.
  2. Instituto Nacional de Estatística e Geografia, ed. (2005). «Arquivo histórico de localidades». Consultado em 25 de abril de 2008 
  3. Instituto Nacional de Estadística y Geografía, ed. (2005). «Principales resultados por localidad 2005 (ITER) - Guerrero» (XLS). Consultado em 25 de junho de 2008 
  4. Instituto Nacional de Estatística e Geografia INEGI, CONAPO, Secretaría de Desenvolvimento Social do México SEDESOL
  5. «Average Conditions - Acapulco, Mexico» (em inglês). BBC Weather Centre 
  6. ABC Universidades.com (ed.). «Universidad Autónoma de Guerrero». Consultado em 31 de julho de 2009 
  7. ABC Universidades.com (ed.). «Instituto Tecnológico de Acapulco». Consultado em 31 de julho de 2009 
  8. Instituto Tecnológico de Acapulco (ed.). «Oferta Educativa - Pós-graduação». Consultado em 31 de julho de 2009 
  9. a b c d e f g h i j PACHECO, Ossiel (9 de outubro de 2008). «Revivirá Añorve hermandad cultural y comercial con 10 ciudades del mundo». La Jornada Guerrero. Consultado em 16 de maio de 2009 
  10. a b c «acapulcosistercities». La Jornada Guerrero. Consultado em 30 de julho de 2013 
  11. [1]
  12. [2]
  13. [3]
  14. [4]
  15. 20Gestiones%20hermanamiento%20Acapulco%20-%20Larnaca.pdf
  16. [5]
  17. [6]
  18. [7]
  19. [8]
  20. [9]
  21. [10]
  22. [11]
  23. [12]
  24. [13]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Acapulco
Wikivoyage
O Wikivoyage possui o guia Acapulco
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do México é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.