Acarape

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Acarape
Igreja de São João Batista

Igreja de São João Batista
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 15 de abril de 1987 (31 anos)
Gentílico acarapense
Prefeito(a) Franklin Veríssimo Oliveira (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Acarape
Localização de Acarape no Ceará
Acarape está localizado em: Brasil
Acarape
Localização de Acarape no Brasil
04° 13' 26" S 38° 42' 28" O04° 13' 26" S 38° 42' 28" O
Unidade federativa Ceará
Região
intermediária

Fortaleza IBGE/2017[1]

Região
imediata

Redenção-Acarape IBGE/2017[1]

Municípios limítrofes Norte: Guaiúba, Leste: Pacajus, Sul: Barreira, Oeste: Redenção
Distância até a capital 61,8 km
Características geográficas
Área 155,188 km² [2]
População 16 639 hab. IBGE/2018[3]
Densidade 107,22 hab./km²
Altitude 95 m
Clima Tropical subúmido quente
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,623 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 115 541 mil IBGE/2015[5]
PIB per capita R$ 7 094 IBGE/2015[5]
Página oficial
Prefeitura www.acarape.ce.gov.br/
Câmara www.camaraacarape.ce.gov.br/

Acarape é um município brasileiro do estado do Ceará. Localiza-se na Região Imediata de Redenção-Acarape, Região Intermediária de Fortaleza. Faz parte do Polo Serra de Guaramiranga. Está distante 61,8km de capital, Fortaleza com acesso principal pela rodovia CE-060.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo Acarape vem do tupi acarás e significa: de acara pé (caminho dos acarás, canal do peixe ou caminho das garças).[6] Sua denominação original era Calaboca e, desde 1926, Acarape.

História[editar | editar código-fonte]

Formação administrativa[editar | editar código-fonte]

Em 1868, Acarape foi elevado à categoria de vila, sendo desmembrado de Baturité, mas só foi instalado em 1841. Depois o distrito de Cala Boca torna-se o primeiro distrito de Acarape. Em 1933, Acarape é rebaixado à distrito de Redenção. Em 1963, Acarape se emancipa de Redenção, tornando-se município, e anexa o ex-distrito de Redenção, agora distrito de Acarape: Barreira, chamada antes de Barreira Vermelha. Em 1965, Acarape é rebaixado novamente a distrito de Redenção. Em 1987, Acarape se emancipa de Redenção, tornando-se de novo município. Atualmente, Acarape só possui o distrito-sede.

Acarape(distrito-sede)

As terras da região entre os sopés do Maciço de Baturité e a serra do Cantagalo; ao redor dàs margens do Rio Acarape/Rio Pacoti eram habitada por diversas etnias como os Potyguara, Jenipapo, Kanyndé,[7] Choró e Quesito, recebeu a partir do século XVII diversas expedições militares e religiosas.

Com a implementação da pecuária no Ceará no século XVIII, nas terras de Acarape também foram beneficiadas com a agricultura da cana-de-açúcar devido a fertilidade do solo e abundância de água.

Neste contexto surgiu a localidade de Calaboca da Vila de Redenção,[8] que definiu-se como centro urbano com a construção da Companhia Cearense da Via Férrea de Baturité S.A..[9]

Com a prosperação do comércio, da agricultura da cana de açúcar e abastança de água, foram criados engenhos e alambiques no município, no qual vieram trabalhar escravos africanos.

Em 1879 foi construído um estação de trem em Calaboca[10] e com isto todos os comerciantes de Redenção, mudaram seus estabelecimentos para Calaboca.

Em 26 de outubro de 1879, Calaboca desmembrou-se de Redenção e passou a ser um município próprio. Em honra as origens Calaboca passou a chamar-se Acarape em 18 de setembro de 1926.

A igreja-matriz de São João Batista, padroeiro do município, foi construída em 1946.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semi-árido com pluviometria média de 1097 mm[11] com chuvas concentradas de janeiro a abril.[12]

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

Rio Pacoti em Acarape

As principais fontes de água são: o Rio Acarape/Pacoti corta o seu território e devido a abundância de água, existem vários açudes, sendo os Açude Hipólito e Açude Boqueirão os mais mais conhecidos.

Relevo e solos[editar | editar código-fonte]

As principais elevações estão localizadas no Maciço de Baturité.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

Caatinga, mata seca e vestígios de Mata Atlântica, conforme a geomorfologia municipal.

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

O município tem dois distritos, Acarape (sede) e Canta Galo.

A sede do município é dividida em quatro bairros: Centro, Conjunto São Francisco, São Benedito (Inclui a Estrada Velha e Granja) e Conjunto São João Batista.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Evolução populacional de Acarape[editar | editar código-fonte]

Ano População
1991 10.191
1996 10.918
2000 12.927
2007 14.658
2010 15.338

No censo de 2010 do IBGE, Acarape era composta por 15.338 habitantes. De acordo com o mesmo censo, 7.767 habitantes eram mulheres, equivalendo a 50,64% da população, e 7.571 homens, representando 49,36% do total. E 7.982 viviam em zona urbana, representando 52,04% e 7.356 em zona rural, equivalente a 47,96% da população no município.

Frota (Mar/2018)[13][editar | editar código-fonte]

- Automóveis – 1.035

- Caminhões – 102

- Caminhão trator – 02

- Caminhonetes – 120

- Camionetas – 31

- Micro-ônibus – 14

- Motocicletas – 1.150

- Motonetas – 57

- Ônibus – 115

- Utilitários – 10

- Ciclomotor – 01

- Reboques – 17

- Semi-reboques – 07

- Triciclo – 01

Total de Veículos – 2.662

Economia[editar | editar código-fonte]

Exploração da pecuária e da cana-de-açúcar, feijão e frutas.

Exploração de calcário (calcita), vermiculita e talco.

Cultura[editar | editar código-fonte]

O principal evento cultural é o Festival Cristã Levitas e a festa do padroeiro, São João Batista.

Educação[editar | editar código-fonte]

O município de Acarape possui 18 escolas no total, sendo que 08 escolas ofertam o ensino fundamental, 02 centros de educação infantil, 06 escolas anexos. Também possui uma escola particular e uma escola da rede estadual que oferta o ensino médio.

Lista de escolas de Acarape[editar | editar código-fonte]

- EEF Anacleto Carlos Cavalcante (Municipal)

- EEF Antônio Correia de Castro (Municipal)

- EEF Antônio Marinheiro (Municipal)

- EEF Francisco Rocha Ramos (Municipal)

- EEF Humberto de Campos (Municipal)

- EEF José Neves de Castro (Municipal)

- EEF Padre Crisóstomo Do Vale (Municipal)

- EEF Raimundo Alves (Municipal)

- CEI Raio de Luz (Municipal)

- CEI Maria Bessa Ramos (Municipal)

- EEFM Maria do Carmo Bezerra (Estadual)

- Pentágono (Particular)

- EEF Hidelgarda Chagas Bonfim (Anexo) (Municipal)

- EEF José Brígido Costa (Anexo) (Municipal)

- EEF Luís Moreira Filho (Anexo) (Municipal)

- EEF Luiz Correia de Castro (Anexo) (Municipal)

- EEF Pedro Patrício (Anexo) (Municipal)

- EEF Raimundo Alves de Sousa (Anexo) (Municipal)

Política[editar | editar código-fonte]

A administração municipal localiza-se na sede: Acarape.

A administração municipal executiva de Acarape é exercida pelo prefeito Franklin Veríssimo Oliveira (PSD). O Poder Legislativo é exercido por 09 vereadores que compõem a Câmara Municipal de Acarape, tendo como funções fiscalizar o executivo e discutir as leis no âmbito municipal. O Poder Judiciário se faz presente na cidade com a Justiça Estadual (uma vara única), Justiça Eleitoral (uma zona eleitoral). Acarape possui, de acordo com dados de 2017 do TRE-CE, um colégio eleitoral de 12.046 eleitores, uma zona eleitoral: a 52ª zona, com um total de 18 locais de votação com 41 seções eleitorais.

Lista de prefeitos de Acarape[14][editar | editar código-fonte]

Nome Início do mandato Fim do mandato
Franklin Veríssimo Oliveira (Reeleito) 2016 2020
Franklin Veríssimo Oliveira 2013 2016
Jose Acelio Paulino de Freitas 2009 2012
Jose Acelio Paulino de Freitas 2005 2008
Flávio Chagas Bonfim Júnior "Flavinho" 2001 2004
Jose Acelio Paulino de Freitas 1997 2000
Francisco Kerres Olivier de Albuquerque 1993 1996
Flávio Chagas Bonfim Júnior "Flavinho" 1989 1992

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 01 de junho de 2018.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Estimativa Populacional 2018» (PDF). Estimativa Populacional 2018. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 29 de agosto de 2018. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Perfil Municipal 2017» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 
  6. «Ceará - Acarape». Consultado em 29 de Dezembro de 2010. 
  7. Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ottawa. 1974
  8. «IBGE - Cidades@». Consultado em 29 de Dezembro de 2010. 
  9. «RVC - Linha Sul, Linha Norte e ramais - Estações Ferroviárias do Estado do Ceará». Consultado em 29 de dezembro de 2010. 
  10. «Acarape - Estações Ferroviárias do Estado do Ceará». Consultado em 29 de Dezembro de 2010. 
  11. Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - FUNCEME.
  12. Instituto nacional de Pesquisa espacial - INPE.
  13. «DENATRAN Frota de veículos». denatran.gov.br. Consultado em 1 de junho de 2018. 
  14. Tribunal Regional Eleitoral do Ceará

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.