Acessibilidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elevador de acessibilidade ao lado de escadaria, na portaria do campus I do Cefet-MG.

Acessibilidade consiste na possibilidade de acesso a um lugar ou conjunto de lugares. Significa, não apenas, permitir que pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida participem de atividades que incluem o uso de produtos, serviços e informação, mas também, a inclusão e extensão do uso dessas facilidades por todas as parcelas presentes em uma determinada população, visando à sua adaptação e locomoção, eliminando as barreiras. Consiste, também, em ter acesso a todo e qualquer material produzido, em áudio ou vídeo, adaptando todos os meios que a tecnologia permite.

Na arquitetura e no urbanismo, a acessibilidade tem sido uma preocupação constante nas últimas décadas. Atualmente, estão em andamento obras e serviços de adequação do espaço urbano e dos edifícios às necessidades de inclusão de toda população, visando a eliminar os obstáculos existentes ao acesso, modernizando e incorporando essas pessoas ao convívio social, possibilitando o ir e vir.

Em informática, programas que provêm acessibilidade são ferramentas ou conjuntos de ferramentas que permitem que pessoas com deficiência (as mais variadas) se utilizem dos recursos que o computador oferece. Essas ferramentas podem constituir leitores de tela como o Virtual Vision, JAWS e o Dosvox, para deficientes visuais, teclados virtuais para pessoas com deficiência motora ou com dificuldades de coordenação motora e sintetizadores de voz para pessoas com problemas de fala.

Na Internet, o termo acessibilidade refere-se também a recomendações do W3C, que visam a permitir que todos possam ter acesso aos websites, independente de terem alguma deficiência ou não. As recomendações abordam desde o tipo de fonte a ser usado, bem como seu tamanho e cor, de acordo com as necessidades do usuário, até a recomendações relativas ao código (HTML e CSS, por exemplo). Isso ajuda os usuários na melhoria da informação, podendo, assim, garantir que a internet chegue a todos de forma simples e precisa. A acessibilidade tem que ser expandida para vários campos da sociedade, garantindo que pessoas com deficiência tenham acesso a várias formas de serviços, melhorando sua qualidade de vida e inclusão, a acessibilidade é uma ideia que deve ser expandida, sigamos essa ideia.

O projeto Debian possui uma seção dedicada a software acessível.[1]

É de se registrar que os surdos devem ter filmes, vídeos e demais dispositivos de mídia legendados, para que possam ter acesso às informações ali contidas.

Ainda em software livre, existe o projeto linuxacessivel.org que é o Ubuntu com alterações pontuais para deficientes visuais que falam Português.[2]

Padrões W3C[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Debian - Debian-Accessibility». Consultado em 29 de Dezembro de 2010 
  2. «linuxacessivel.org - Ubuntu para deficientes visuais». Consultado em 28 de Novembro de 2011