Ach. Brito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ach. Brito
Embalagem de sabonete Ach. Brito
Fundação 1887
Fundador(es) Ferdinand Claus
Georges Schweder
Área(s) servida(s) Saboaria
Locais Vila do Conde
Produtos Sabonetes
Website oficial www.clausporto.com

Ach. Brito é uma empresa portuguesa com sede em Fajozes, Vila do Conde, dedicada ao fabrico de sabonetes e perfumes.

História[editar | editar código-fonte]

Um dos primeiros produtos da marca Ach. Brito

A empresa foi fundada no Porto em 1887 por dois alemães radicados em Portugal, Ferdinand Claus e Georges Schweder. Mais tarde, Aquiles de Brito (Achilles de Brito na grafia da época) adquiriu a empresa, alterando o nome para Ach. Brito &. C.ª Ld.ª em 1918.

A Ach. Brito iniciou a sua laboração num terreno junto à Avenida de França, próximo da Avenida da Boavista (Porto) e por ali se manteve ao longo de décadas. Depois de décadas a liderar o mercado e com o aparecimento de novos produtos - como o gel de banho - e novas redes de distribuição, o trajeto da marca perde ânimo, até que em 1994 a liderança da empresa passa para as mãos dos bisnetos de Achilles de Brito: Aquiles e Sónia Brito.

Com o encerramento da linha ferroviária que ligava o Porto à Póvoa de Varzim e subsequente conversão em linha do Metro do Porto, a empresa viu-se forçada a mudar as suas instalações, numa primeira fase, para a Zona Industrial do Mindelo (Vila do Conde). No início do presente século a empresa fabricante de sabonetes por processo manual corria o risco de encerrar portas. A entrada para os quadros da Ach. Brito do director-geral José Fernandes foi fundamental para o renascimento da empresa centenária.

Em 2002 é inaugurada a nova unidade de produção em Fajozes, Vila do Conde, que passa a ser o quartel-general da Ach. Brito. Uma unidade com 10 mil metros quadrados e uma área coberta total de cerca de 4 mil metros quadrados.

A empresa modernizou então procedimentos e processos de produção, sem perder o seu cariz tradicional de fabrico manual de sabonetes, e passou de uma cota de exportação na casa dos 10% e um volume de negócios inferior aos dois milhões de euros, para uma facturação já na ordem dos seis milhões de euros e exportando para mais de meia centena de países[1].

A empresa sobreviveu à abertura da economia portuguesa e à invasão das marcas internacionais, em grande parte porque optou por linhas de produtos de alta gama dirigidos ao mercado externo[2], seguindo processos de produção tradicionais e inteiramente manuais. Estes produtos surgem sob a marca Claus Porto.

Em 2008, num negócio que surpreende o mercado, a Ach. Brito adquire a Saboaria e Perfumaria Confiança SA, a segunda mais antiga fábrica de sabonetes do país, a uma sociedade de capital de risco. Com esta aquisição verificou-se o fim de uma competitividade e rivalidade no mercado português com cerca de cem anos de existência, permitindo à Ach Brito obter ganhos de dimensão e diversificação, de produtos e mercados[3]

Oprah's Favorite Things[editar | editar código-fonte]

Os sabonetes Claus Porto foram pela primeira vez recomendados em 2007 pela célebre apresentadora Oprah Winfrey[4], num segmento do seu programa The Oprah Winfrey Show, chamado Oprah's Favorite Things (As coisas preferidas da Oprah).[5] Desde aí, a apresentadora já os recomendou na sua revista e no seu site, dizendo que são os seus preferidos.[6][7] A modelo Kate Moss e o actor Nicolas Cage são outras celebridades que se sabe serem apreciadoras da marca.[7]

Referências

  1. «Ach. Brito. Os sabonetes preferidos de Oprah estão em mais de 50 países». Dinheiro Vivo. 24 de outubro de 2015 
  2. Group, Global Media (29 de abril de 2011). «Ach. Brito quer contornar a crise com mais exportações». DN 
  3. «Ach. Brito compra rival Confiança para ganhar mercado e produtos». Jornal de Negócios. 13 de janeiro de 2009 
  4. «Grupo Ach Brito vende para 50 países» 
  5. «Media: Oprah termina hoje programa de 25 anos que fez de um sabonete português uma estrela». Expresso. Consultado em 2 de dezembro de 2011 
  6. «Sabonetes portugueses são os preferidos de Oprah». Boas Notícias. Consultado em 2 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 20 de novembro de 2011 
  7. a b Helder Robalo. «Ach Brito pretende aproveitar imagem externa para ganhar mercado nacional». DN. Consultado em 2 de dezembro de 2011 [ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre empresas, integrado no Projecto Grande Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ach. Brito