Acidente aéreo de 2006 em Nova Iorque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colisão de avião monomotor em Nova Iorque (2006)
Acidente aéreo
200px
Vista do edifício após o controle do fogo
Sumário
Data 11 de setembro de 2006 (11 anos)
Causa Colisão com estrutura
Local Nova Iorque
 Nova Iorque
 Estados Unidos
Tripulantes 2
Mortos 2
Feridos 21
Sobreviventes nenhum
Aeronave
Modelo Cirrus SR20
Operador Privado
Prefixo N929CD

O acidente aéreo em Nova Iorque de 11 de outubro de 2006 ocorreu às 14 horas e 42 minutos (UTC-5).

Tratou-se de um pequeno avião (modelo Cirrus SR20) que colidiu com um prédio de apartamentos e caiu na cidade de Nova Iorque, matando pelo menos quatro pessoas. O fato deste acidente acontecer exatamente cinco anos e um mês depois dos ataques de 11 de Setembro de 2001 provocou grande preocupação por parte de autoridades e população locais.

Incêndio[editar | editar código-fonte]

Ao colidir com edifício o avião causou um incêndio nos andares 40 e 41, que foi controlado pelos bombeiros em torno de uma hora depois. Vinte e uma pessoas ficaram feridas; destas, onze devido ao incêndio.

Cory Lidle[editar | editar código-fonte]

A aeronave pertencia a Cory Lidle, jogador de baseball norte-americano do New York Yankees. Estava também na aeronave o instrutor de voo, Tyler Stanger. Ambos morreram no desastre. Não se sabe qual dos dois estava pilotando no momento do acidente.

De acordo com uma entevista dada por Lidle, um mês antes do acidente, fazia sete meses que ele era piloto e contava com 95 horas de voo.

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

Wikinotícias
O Wikinotícias tem uma ou mais notícias relacionadas com este artigo: Avião colide em um prédio em Nova Iorque
Ícone de esboço Este artigo sobre um acidente aéreo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Acidente aéreo de 2006 em Nova Iorque