Acidente de Alcântara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Acidente de Alcântara
Destroços da estrutura de lançamento do VLS
Hora 13h26m5s
Data 22 de agosto de 2003 (16 anos)
Local Alcântara
Localização Centro de Lançamento de Alcântara
Coordenadas 2° 22' 39.52" S 44° 23' 57.71" O
Também conhecido como VLS-1 V03
Mortes 21

O acidente de Alcântara, também conhecido como tragédia de Alcântara, foi um grande incêndio seguido de algumas explosões, que destruiram o foguete brasileiro VLS-1 V03 em sua plataforma de lançamento no Centro de Lançamento de Alcântara, matando 21 técnicos civis.[1][2]

O objetivo da missão, nomeada Operação São Luís, era colocar o microssatélite meteorológico SATEC do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e o nanosatélite UNOSAT da Universidade do Norte do Paraná em órbita circular equatorial a 750 km de altitude.

Acidente[editar | editar código-fonte]

O acidente ocorreu três dias antes da data prevista para o lançamento, às 13h 26min 05s (horário de Brasília) do dia 22 de agosto de 2003, entre os quadros 26 e 27 gravados pelo Circuito Fechado de TV da Torre Móvel de Integração. [3] Ao mesmo que tempo que ocorria o acidente o presidente da AEB Luiz Bevilacqua, dava uma entrevista coletiva sobre o acordo firmado entre o Brasil e a Ucrânia para uso da base de Alcântara, sendo informado do acidente por jornalistas, ironizou dizendo "Só se for um foguete de São João".[4][5] Foi identificado que o processo de ignição ocorreu antes da hora e com isso a torre de lançamento não foi retirada a tempo sendo esta a principal causa do incêndio.[6][7]

Vítimas[editar | editar código-fonte]

O acidente vitimou 21 civis que estavam trabalhando no momento do incêndio.[5][6][8]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Zimmermann, Patrícia (22 de agosto de 2003). «Ignição de motor provocou explosão de foguete, diz ministro». Folha 
  2. «Acidente em Alcântara começou com incêndio, diz comandante». Folha. 23 de agosto de 2003 
  3. http://dallapiazza.wordpress.com
  4. «"Só se for um foguete de São João"». Estadão. 22 de agosto de 2003. Consultado em 5 de maio de 2020 
  5. a b «Vítimas terão honras militares em São José». Folha. 25 de agosto de 2003. Consultado em 5 de maio de 2020 
  6. a b D'Alama, Luna (22 de agosto de 2013). «Tragédia em Alcântara faz dez anos e Brasil ainda sonha em lançar foguete». G1. Consultado em 5 de maio de 2020 
  7. «Relatório da investigação do acidente» (PDF). Fevereiro de 2003. Consultado em 5 de maio de 2020 
  8. «Tragédia anunciada». Época. 29 de agosto de 2013. Consultado em 5 de maio de 2020