Acidente do Mil Mi-17 da Força Aérea Indiana em 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Acidente da IAF Mil Mi-17 em 2021
Acidente aéreo
Modelo do helicóptero IAF Mil Mi-17.
Sumário
Data 8 de dezembro de 2021
Causa Condições climáticas
(em investigação)
Local
Origem
  • Estação da Força Aérea
    em Sulur
  • Tâmil Nadu
  • Índia
Destino
  • Colégio Serviços de Defesa
  • Wellington
  • Coonoor
  • Tâmil Nadu
  • India
Passageiros 10
Tripulantes 4[1]
Mortos 14
Sobreviventes 0
Aeronave
Modelo Mil Mi-17
Operador Força Aérea Indiana (IAF)
Prefixo ZP 5164

O acidente do IAF Mil Mi-17 em 2021 foi um acidente aéreo ocorrido em 8 de dezembro de 2021, quando um helicóptero Mil Mi-17 V5 operado pela Força Aérea Indiana (IAF) caiu entre Coimbatore e Wellington, localizado em Tâmil Nadu na Índia, após partirem da Estação da Força Aérea em Sulur. O helicóptero transportava o chefe do Estado-Maior de Defesa, general Bipin Rawat e outras 13 pessoas — incluindo sua esposa e outros funcionários.

Aeronave e tripulação[editar | editar código-fonte]

O helicóptero de médio levantamento Mil Mi-17 de construção russa foi um dos primeiros 80 de seu tipo construído para a Força Aérea Indiana (IAF) sob os termos de um contrato de 2008.[2][3] Entregue à IAF em 2013, o helicóptero voou mais de 26 horas sem incidentes desde sua manutenção mais recente.[4]

O comandante Prithvi Singh Chauhan era o piloto no comando,[5] com o co-piloto do líder do esquadrão Kuldeep Singh e dois suboficiais juniores que compunham o resto da tripulação.[6]

Acidente e consequências[editar | editar código-fonte]

O primeiro chefe do Estado-Maior de Defesa da Índia, general Bipin Rawat, morreu no acidente

Por volta das 12h20 do horário local, um helicóptero da IAF caiu perto da área de Katteri-Nanchappanchathram em Coonoor, distrito de Nilgiris, Tâmil Nadu.[7][8] O local do acidente ficava a 10 km de distância do destino, em Wellington, Tamil Nadu. O voo transportava nove passageiros, incluindo o chefe do Estado-Maior da Defesa, general Bipin Rawat.[9] Até às 21h30 do horário local, 13 corpos foram recuperados do local do acidente — o capitão do grupo, Varun Singh, foi o único sobrevivente do acidente.[10]

Além de Rawat, os outros passageiros do voo eram sua esposa Madhulika Raje Singh Rawat, seu assistente de defesa e seu oficial tenente-coronel Harjinder Singh.[11] Cinco outros sargentos e soldados também estavam no voo: Havildar Satpal, Naik Gursewak Singh, Naik Jitendra Kumar, Lance Naik Vivek Kumar e Lance Naik B Sai Teja.[12]

O Comitê de Gabinete de Segurança (CCS) se reuniu na noite do desastre para decidir sobre um novo curso de ação. O CCS estava chefiado pelo primeiro-ministro Narendra Modi. O Ministro da Defesa Rajnath Singh fez um anúncio formal no Parlamento em 9 de dezembro sobre o incidente.[13] A oposição suspendeu seus protestos no Parlamento por um dia como um tributo àqueles que perderam suas vidas no acidente.[14] O gravador de dados de voo foi recuperado na manhã de 9 de dezembro.[15] Uma comissão de inquérito de três serviços foi estabelecida pela IAF, chefiada pelo marechal do ar Manvendra Singh, o Comando de treinamento do AOC-in-C.[16]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Chief of Defence Staff General Bipin Rawat, wife among 13 killed in chopper crash». The Economic Times (em inglês). 8 de dezembro de 2021. Consultado em 8 de dezembro de 2021 
  2. «India: Military chief, 12 others die in helicopter crash». Deutsche Welle. Consultado em 9 de dezembro de 2021 
  3. Chhina, Man Aman Singh (9 de dezembro de 2021). «Explained: The helicopter CDS Bipin Rawat was in». The Indian Express. Consultado em 8 de dezembro de 2021 
  4. Mukul, Pranav; Chhina, Man Aman Singh (9 de dezembro de 2021). «Advanced and robust chopper; weather could have been crash factor». The Indian Express. Consultado em 9 de dezembro de 2021 
  5. M., Saravanan; Sundar, P. S. (8 de dezembro de 2021). «First Chief of Defence Bipin Rawat, 12 others killed in chopper crash in Tamil Nadu's Coonoor». The New Indian Express. Consultado em 9 de dezembro de 2021 
  6. «India's top military officer, CDS Gen Bipin Rawat, dies in Tamil Nadu helicopter crash». India Today. 8 de dezembro de 2021. Consultado em 9 de dezembro de 2021 
  7. Madhav, Pramod (8 de dezembro de 2021). «CDS General Bipin Rawat's chopper crashes in Tamil Nadu». India Today (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2021 
  8. «IAF copter goes down: From crash location to where Gen Bipin Rawat was heading, here's what we know». Firstpost (em inglês). 8 de dezembro de 2021. Consultado em 8 de dezembro de 2021 
  9. Dutta, Sharangee (8 de dezembro de 2021). «Who is Group Captain Varun Singh? Know about lone survivor of IAF chopper crash». The Hindustan Times. Consultado em 8 de dezembro de 2021 
  10. Indian Air Force [@IAF_MCC] (8 de dezembro de 2021). «An IAF Mi-17V5 helicopter, with CDS Gen Bipin Rawat on board, met with an accident today near Coonoor, Tamil Nadu. An Inquiry has been ordered to ascertain the cause of the accident.» (Tweet) – via Twitter 
  11. Singh, Rahul (8 de dezembro de 2021). «General Rawat, his wife and 11 others killed in IAF chopper crash». The Hindustan Times. Consultado em 8 de dezembro de 2021 
  12. Goswami, Sohini (8 de dezembro de 2021). «Chief of defence staff Gen Bipin Rawat dies in IAF chopper crash in Tamil Nadu». The Hindustan Times. Consultado em 8 de dezembro de 2021 
  13. Sinha, Shreya (9 de dezembro de 2021). «Read full statement of Rajnath Singh in Parliament on IAF chopper crash». India Today 
  14. Sinha, Shreya (9 de dezembro de 2021). «Opposition suspends protest in Parliament for the day in tribute to CDS Gen Rawat, others». India Today 
  15. «Black box of crashed helicopter recovered». The Tribune. 9 de dezembro de 2021. Consultado em 9 de dezembro de 2021 
  16. «Air Marshal Manvendra Singh to head tri-service inquiry into IAF chopper crash: Rajnath Singh». India Today. 9 de dezembro de 2021. Consultado em 9 de dezembro de 2021