Acordos de Bicesse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Coat of arms of Angola.svg

A realização dos Acordos de Bicesse foram promovidos por Durão Barroso enquanto Secretário de estado dos Assuntos Externos e Cooperação de Portugal em 1990.[1]

Este acordo foi assinado na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, no Estoril, Portugal, por José Eduardo dos Santos e Jonas Savimbi em maio de 1991. O acordo estipulou que seriam realizadas as primeiras eleições livres e democráticas em Angola, supervisionadas pelas Nações Unidas, assim como todas as forças beligerantes seriam integradas nas Forças Armadas Angolanas, cabendo ao Estado Português, através das suas próprias forças armadas, ministrar a formação necessária.

Estes Acordos permitiram um armistício temporário na Guerra Civil de Angola entre MPLA e a UNITA.

Apesar dos esforços internacionais, da assinatura deste acordo e do Protocolo de Lusaka a guerra civil em Angola continuou até 2002.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]