Acrótato (filho de Areu I)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Acrótato
Nascimento Século IV a.C.
Morte 262 a.C.
Megalópolis
Cidadania Esparta
Progenitores Pai:Areu I
Filho(s) Areu II
Ocupação governante

Acrótato (em grego: Ἀκρότατος; transl.: Akrótatos; Esparta, ? — c.262 a.C.) foi rei de Esparta e sucessor de seu pai, Areu I, em 265 a.C.. Obrigou Pirro, rei do Epiro, a levantar o cerco de Esparta.

Família[editar | editar código-fonte]

Seu avô, Acrótato, filho do rei Cleômenes II morreu antes do rei, e outro filho de Cleômenes, Cleônimo, tinha pretensões ao trono.[1] A disputa foi decidida pelo senado[1] (gerúsia), mas o resultado deixou Cleônimo muito irritado.[2]

Reinado de Areu I[editar | editar código-fonte]

Ele tornou-se amante de Quilônis, filha de Leotíquides, que era esposa de Cleônimo; Quilônis, provavelmente, foi mãe de seu filho Areu II.[3]

Durante o reinado de seu pai Areu I, filho de Acrótato, filho de Cleômenes,[carece de fontes?] a Grécia foi invadida por Pirro, rei do Epiro[4] e por Antígono Gónatas.[5]

Areu morreu em batalha, em Corinto.[6]

Reinado de Acrótato, filho de Areu[editar | editar código-fonte]

Morte[editar | editar código-fonte]

Acrótato morreu em Megalópolis, lutando contra o tirano Aristodemo, deixando sua mulher grávida.[7] Seu parente Leônidas tornou-se regente e guardião da criança,[7] e quando Areu II morreu de doença aos oito anos de idade,[8] Leônidas tornou-se rei (Leônidas II).[7][9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Árvore genealógica baseada em Plutarco, Pausânias (geógrafo) e Pomeroy:

Cleômenes II
Acrótato
Cleônimo (pai de Leônidas II)
Areu I
Leônidas II
Leotíquides
Acrótato (filho de Areu I)
Quilônis
Areu II

Referências

  1. a b Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 3.6.2
  2. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 3.6.3
  3. Sarah B. Pomeroy, Spartan Women, p.76; Pomeroy usa como base uma inscrição encontrada em Delfos, que fala de Areu, filho do rei Acrótato e da rainha Quilônis; o outro Acrótato, pai de Areu, não foi rei de Esparta
  4. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Pirro, 26.8 - 30.5
  5. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 3.6.4-6
  6. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Ágis, 3.4
  7. a b c Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Ágis, 3.5. Plutarco não menciona o nome da criança
  8. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 3.6.6
  9. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 3.6.7

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Nova Enciclopédia Portuguesa, Ed. Publicações Ediclube, 1996.
Precedido por
Areu I
Rei ágida de Esparta
265–262 a.C.
Sucedido por
Areu II
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.