Saltar para o conteúdo

Adães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 Nota: Para outros significados, veja Adães (desambiguação).
Portugal Portugal Adães 
  Freguesia  
Igreja de Adães
Igreja de Adães
Igreja de Adães
Símbolos
Brasão de armas de Adães
Brasão de armas
Localização
Localização no município de Barcelos
Localização no município de Barcelos
Localização no município de Barcelos
Adães está localizado em: Portugal Continental
Adães
Localização de Adães em Portugal
Coordenadas 41° 31' 39" N 8° 33' 39" O
Região Norte
Sub-região Cávado
Distrito Braga
Município Barcelos
Código 030203
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 2,69 km²
População total (2021) 755 hab.
Densidade 280,7 hab./km²
Sítio http://www.adaes.maisbarcelos.pt/

Adães é uma povoação portuguesa sede da Freguesia de Adães do Município de Barcelos, freguesia com 2,69 km² de área[1] e 755 habitantes (censo de 2021)[2], tendo, por isso, uma densidade populacional de 280,7 hab./km².

Adães, ou São Pedro de Adães, era, em 1747, uma freguesia do termo da vila de Barcelos, visita do arcediago da mesma cidade, Arcebispado e Comarca da cidade de Braga, Província de Entre Douro e Minho. Constava de oitenta e seis fogos, divididos por nove lugares, como eram Paço, Adães, de onde tomou o nome a freguesia, Ayró, Sobreiro, Boca, Fonte, Sepãos, Outeiro e Assento. Estava fundada em campina rasa entre duas estradas, que iam de Barcelos para Braga, e daqui se descobria a vila de Barcelos.

A apresentação desta igreja era do Convento de Vilar de Frades, de Cónegos Seculares de São João Evangelista, cujo reitor punha aqui cura trienal, e o mesmo convento colhia os frutos. Era orago da igreja São Pedro Príncipe dos Apóstolos, e tinha três altares: O maior com a imagem do Santo Patrono, e dois colaterais, um de Nossa Senhora dos Remédios com sua confraria, e outro de São Sebastião também com sua confraria. Além destas duas, há outra confraria do Nome de Deus. A côngrua do pároco, que lhe dava o reitor do Convento de Vilar, era de nove mil reis em dinheiro, fora o pé de altar.

Havia ainda neste lugar uma ermida dedicada a Santo António.

Os frutos, que a terra produzia em mediana quantidade, eram milho alvo, milhão (milho grosso), painço, legumes, vinho verde e castanha. Teria em roda o âmbito da freguesia três quartos de légua, e um quarto de comprido. Nascia nela um pequeno regato sem nome, que só pelo Inverno corria, e se lançava do Nascente ao Poente, em que havia dez moinhos ordinários, e um de cubo, e de cujas águas se aproveitavam para limar a terra.[3]

A população registada nos censos foi:[2]

População da Freguesia de Adães[4]
AnoPop.±%
1864 401—    
1878 376−6.2%
1890 425+13.0%
1900 424−0.2%
1911 420−0.9%
1920 465+10.7%
1930 517+11.2%
1940 537+3.9%
1950 597+11.2%
1960 578−3.2%
1970 573−0.9%
1981 570−0.5%
1991 635+11.4%
2001 739+16.4%
2011 790+6.9%
2021 755−4.4%
Distribuição da População por Grupos Etários[5]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 142 140 370 87
2011 116 105 458 111
2021 99 77 417 162

Eleições autárquicas

[editar | editar código-fonte]
Data % V % V % V % V % V % V
PPD/PSD PS APU/CDU CDS-PP PSD-CDS IND
1976 81,69 7
1979 47,14 4 39,29 4 10,00 1
1982 38,76 4 10,96 1 48,03 4
1985 18,86 1 17,57 1 61,50 5
1989 8,80 - 23,93 2 4,29 - 61,40 5
1993 23,62 1 71,10 6
1997 60,47 5 17,55 1 19,45 1
2001 58,39 5 29,11 2 10,36 -
2005 53,08 4 42,88 3
2009 47,35 4 46,29 3 4,95 -
2013 CDS-PP 54,55 4 PPD/PSD 31,54 2 10,95 1
2017 39,46 3 54,98 4
2021 54,55 4 42,80 3

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 5 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Luís Cardoso (Pde.) (1747). Diccionario Geografico ou Noticia Historica de Todas as Cidades, Villas, Lugares e Aldeas, Rios, Ribeiras e Serras dos Reynos de Portugal e Algarve com todas as cousas raras que nelles se encontrao assim antigas como modernas Que escreve e offerece Ao Muito Alto e Muito Poderoso Rey D. João V Nosso Senhor o P. Luiz Cardoso da Congregaçao do Oratorio de Lisboa Académico Real do Numero da Historia Portugueza. I. [S.l.]: Regia Officina Sylviana. p. 46 
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.