AdBlock

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AdBlock
Adblock logo & wordmark.png
Autor Michael Gundlach
Desenvolvedor BetaFish Incorporated
Lançamento 8 de dezembro de 2009 (5 anos)
Idioma(s) Bahasa Indonesia, Deutsch, English, Français, Nederlands, Türkçe, català, dansk, español, hrvatski, italiano, latviešu, magyar, polski, português (Brasil), português (Portugal), română, slovenský, slovenščina, suomi, svenska, čeština, Ελληνικά, Српски, български, русский, українська, עברית, తెలుగు, ‫العربية, 中文 (简体), 中文 (繁體), 日本語, 한국어
Escrito em HTML, CSS, Javascript, jQuery
Sistema operativo Multiplataforma
Gênero(s) Extensão de navegador
Licença GPLv3
Estado do desenvolvimento Em desenvolvimento
Página oficial getadblock.com

AdBlock é um código aberto, filtragem de conteúdo e anúncios. É uma extensão para os navegadores Google Chrome, Safari e Opera.[1] AdBlock permite evitar aos usuários que os elementos da página, tais como propagandas, sejam exibidos. AdBlock é atualmente a extensão mais popular do Google Chrome, com mais de 20,000,000 de usuários.[2] De acordo com um artigo no The New York Times, a extensão foi criada em 8 de dezembro de 2009 (o dia em que o suporte para extensão foi adicionado ao Google Chrome).[3] Em junho de 2010, foi adicionado suporte ao Safari.

AdBlock não é para ser confundido com o Adblock Plus. O criador do AdBlock afirma ter sido inspirado pela extensão AdBlock Plus para Firefox.[4]

Referências

  1. AdBlock.
  2. Lista de extensões populares para Chrome Chrome Web Store. Visitado em 14 de março de 2014.
  3. Noam Cohen (3 de janeiro de 2010). In Allowing Ad Blockers, a Test for Google (em inglês) The New York Times. Visitado em 14 de março de 2014.
  4. Samer Kurdi (22 de junho de 2011). Adblock v. Adblock Plus: two Chrome extensions compared. Visitado em 14 de março de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Internet é um esboço relacionado ao Projeto Internet. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.