Adail Carneiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adail Carneiro
Deputado federal pelo Ceará
Período 1 de fevereiro de 2015 até a atualidade
Dados pessoais
Nascimento 11 de julho de 1963 (55 anos)
Solonópole, Ceará
Partido PODE
linkWP:PPO#Brasil

José Adail Carneiro Silva mais conhecido como Adail Carneiro (Solonópole, Ceará, 11 de julho de 1963[1]) é um político brasileiro do Ceará, filiado ao Podemos (PODE).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em 11 de julho de 1963, na cidade de Solonópole. É filho de Vicente José da Silva (funcionário público federal do DNOCS) e de Maria Terezinha Carneiro da Silva (Prendas do Lar), ambos falecidos. Com pouco mais de um ano de idade, foi morar no distrito de Bonhu no município de Russas.[carece de fontes?]

Com certa idade, Adail começou a acompanhar seu pai, juntamente com os irmãos de maior idade, nos trabalhos cotidianos do campo envolvendo agricultura e pecuária. Aos 17 anos passou a residir na Capital na companhia de dois irmãos e deu continuidade aos estudos matriculando-se no Colégio Liceu do Ceará, onde concluiu o 2ª grau em 1983 (hoje ensino médio). É formado em Filosofia pela Faculdade Entre Rios do Piauí – FAERPI.[carece de fontes?]

No ano de 1987, começou seu primeiro empreendimento, o qual foi considerado o mais importante do grupo por tratar-se de empregar diretamente cerca de 350 famílias só no município de Fortaleza, explorando o ramo de locação de veículos através da terceirização.[carece de fontes?]

Adail participa da vida pública desde 2006. Numa conversa com familiares, amigos, lideranças políticas e comunidades, sensibilizados com o seu desejo, resolveram abraçar essa causa.[carece de fontes?]

Nas eleições de 2006, para Deputado Estadual, Adail conquistou aproximadamente 30.000 votos ficando como 2° Suplente. Em 2010, Adail obteve o apoio 35 mil cearenses, conquistando a vaga de 1° Suplente de Deputado Estadual.[carece de fontes?]

Em 2014, Adail obteve uma expressiva votação com 113.885 mil votos elegendo-se para a Câmara dos Deputados.[carece de fontes?]

Nas eleições de 2018, foi candidato a deputado federal pelo Podemos, mas não conseguiu ser reeleito, obtendo cerca de 64 mil votos (redução de quase 50% do número de votos de sua eleição anterior). Com essa votação, Adail ficou como segundo suplente da coligação MDB/PHS/Avante/SD/PSD/PSC/PODE/PRB que elegeu Moses Rodrigues, Genecias Noronha e Domingos Neto.[2]

Referências

  1. «Deputado Adail - Biografia». Site oficial. Consultado em 20 de abril de 2016. 
  2. «Senadores e deputados federais/estaduais eleitos: Apuração e resultado das Eleições 2018 CE - UOL Eleições 2018». UOL Eleições 2018. Consultado em 11 de outubro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]