Adailton Pereira dos Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ady / Messias
Informações pessoais
Nome completo Adailton Pereira dos Santos
Data de nasc. 18 de abril de 1973 (46 anos)
Local de nasc. Caatiba (BA),  Brasil
Nacionalidade tunisino / brasileiro
Altura 1,75 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meio-campista
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1993–1994
1994–1996
1996–1997
1997–1998
1998
1998
1999–2000
2000–2003
2003–2005
2005–2007
2008
2009–2010
Brasil Poções
Brasil Bahia
Brasil Santa Cruz
Brasil Madureira
Brasil Goiás
Brasil Santos
Brasil Portuguesa
Tunísia Espérance ST
Líbia Al Ahly Tripoli
Finlândia TPS
Finlândia JJK Jyväskylä
Finlândia MyPa





15 (2)



57 (18)
25 (3)
23 (2)
Seleção nacional
2002 Flag of Tunisia.svg Tunísia 3 (0)

Adailton Pereira dos Santos, também conhecido como Messias ou Ady (Caatiba, 18 de abril de 1973), é um ex-futebolista brasileiro[1][2].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ele começou sua carreira ainda criança no Estádio Arthur Leite, em sua cidade natal. Quando adolescente começou a se destacar no campeonato de futebol da Liga Desportiva Caatibense e depois migrando com a ajuda de um empresário local para Itambé, ocasião em que defendeu a seleção daquele município. Depois de boa temporada, foi contratado pela equipe do Poções para o Campeonato Baiano. Considerado um dos destaques do campeonato, conseguiu contrato com o Bahia e então sua carreira atingiu o âmbito nacional.

Passou ainda pelo Santa Cruz, Madureira e Goiás. Teve passagem pela equipe paulista do Santos, no qual disputou 15 partidas no Campeonato Brasileiro de 1998¹. Em 1999, transferiu-se para a Portuguesa, mas não durou muito tempo.

Pouco aproveitado na "Lusa do Canindé", recebeu proposta do futebol tunisiano. Aceitou, viajou e começou sua carreira internacional. Com uma carreira sólida e notoriedade no Espérance de Tunis chegou a se naturalizar e jogar pela seleção daquele país, jogando as eliminatórias da Copa do Mundo e no intuito de disputar a Copa de 2002[3], mas acabou não sendo convocado para o Mundial.

Depois que saiu do Espérance, Messias jogou, de 2003 a 2005, no Al Ahly Tripoli da Líbia. Em 2005, começou carreira na Finlândia, jogando no TPS até 2007; depois no JJK Jyväskylä em 2008 e de 2009 até 2010 no MyPa, onde encerraria sua carreira aos 37 anos.

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.