Adelaide da Áustria (arquiduquesa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adelaide
Arquiduquesa da Áustria
Casa Habsburgo-Lorena
Nome completo
Adelaide Maria Josefa Sixta Antônia Roberta Otonia Zita Carlota Luísa Imaculada Pia Teresa Beatriz Francisca Isabel Henriqueta Maximiliana Genoveva Ignácia Marcus d'Aviano
Nascimento 3 de janeiro de 1914
  Palácio de Hetzendorf, Viena, Áustria-Hungria
Morte 2 de outubro de 1971 (57 anos)
  Pöcking, Baviera, Alemanha Ocidental
Pai Carlos I da Áustria
Mãe Zita de Bourbon-Parma
Religião Catolicismo

Adelaide da Áustria (Viena, 3 de janeiro de 1914Pöcking, 2 de outubro de 1971) foi uma arquiduquesa austríaca. Era filha do último imperador da Áustria Carlos I e de sua esposa Zita de Bourbon-Parma.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Adelaide nasceu em 3 de janeiro de 1914[1] no Palácio de Hetzendorf, era a segunda filha, primeira menina do então Arquiduque Carlos da Áustria e de sua esposa Zita de Bourbon-Parma.

Em 21 de novembro de 1916, o tio-avô de Adelaide, o imperador Francisco José I, morreu e seu pai o sucedeu como Imperador da Áustria e Rei da Hungria. Durante a Primeira Guerra Mundial, Adelaide costumava acompanhar seu irmão, Oto, Príncipe Herdeiro da Áustria e o pai, em viagens para inspecionar as tropas austríacas.[2]

Com a queda da monarquia em 1918, Adelaide partiu para o exílio juntamente com sua família, primeiro na Suíça e por fim na Ilha da Madeira em Portugal.

Em dezembro de 1933 ela se tornou o primeiro membro de sua família a pisar em Viena desde o estabelecimento da república quando chegou de trem em Budapeste.[3] Adelaide frequentou a Universidade de Louvain e obteve o doutorado em 1938.[4] Durante a Segunda Guerra Mundial, ela emigrou com a maioria de sua família (os Habsburgos eram contra a política fascista e antissemita[5]) para os Estados Unidos para escapar dos nazistas.

A arquiduquesa voltou mais tarde para a Europa e se estabeleceu na Alemanha. Ela morreu solteira e sem descendentes em Pöcking na Baviera.[6]

Referências

  1. birth record in church book of parish Vienna - Hetzendorf, p. 03-Taufe_0267
  2. Brook-Shepherd, Gordon (2003). Uncrowned Emperor. [S.l.]: Hambledon Continuum. 32 páginas. ISBN 1-85285-439-1 
  3. «Archduchess in Vienna». The New York Times. 23 de dezembro de 1933. p. 8 
  4. Price, Clair (4 de agosto de 1940). «An Empress Chats in a New England Home». The New York Times. p. 88 
  5. Zoch, Irene (22 de fevereiro de 2004). «Habsburgs demand return of estates seized by Nazis in 1938». The Daily Telegraph. London. Consultado em 6 de julho de 2011 
  6. Lundy, Darryl. «Adelheid Maria Erzherzogin von Österreich». The Peerage. Consultado em 2 de março de 2008. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2008 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adelaide da Áustria
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.