Adilson Gonçalves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Adilson Gonçalves é um cantor, compositor e instrumentista de música popular brasileira.[1]

Dados artísticos[editar | editar código-fonte]

Em 2005 lançou o primeiro CD "Sem fronteiras" gravado em Piracicaba e masterizado em Los Angeles, no qual interpretou "Serenata do adeus" (Vinicius de Moraes). No disco também incluiu várias composições de sua autoria, entre elas "Flor do cais" (c/ Wellington Sacchi), "A cada olhar rio abaixo" (c/ Mazinho Quevedo), "Morango com chantilly" (c/ Wania Ribeiro), "Mel à revelia" e "Zumbi guerreiro", ambas em parceria com Geninho, além de temas instrumentais "Motivo sincero", "Sem fronteiras" e "Baião de doido". Neste mesmo ano fez diversos shows de lançamento do CD no circuito do Sesc e Fnac, além de centros culturais por cidades do interior de São Paulo.[2]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências

  1. «Biografia no Cravo Albin». dicionariompb.com.br. Consultado em 6 de outubro de 2012 
  2. «dicionariompb.com.br/adilson-goncalves/dados-artisticos». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 30 de junho de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.