Adly Mansur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Adly Mansour)
Ir para: navegação, pesquisa

Adly Mansur (em Árabe عدلي منصور; nascido 23 dezembro de 1945) é um jurista egípcio que é atualmente o chefe do Supremo Tribunal Constitucional e serviu como presidente interino do Egito entre 3 de julho de 2013 a 8 de junho de 2014.[1] Mansur foi declarado presidente após os protestos em massa que tiraram do poder o presidente islamita Mohamed Morsi.[2]

Presidente Interino do Egito[editar | editar código-fonte]

Em 3 de julho de 2013, Mansur foi nomeado presidente interino do Egito, após a expulsão de Mohamed Morsi durante o Golpe de Estado no Egito em 2013.[3] Sua nomeação foi anunciada na televisão pelo ministro da Defesa, Abdul Fatah Khalil Al-Sisi.

Referências

  1. "Após deposição de Mursi, presidente interino assume o poder no Egito". Ópera Mundi. 4 de julho de 2013. Consult. 4 de março de 2015. 
  2. Hugo Bachega (9 de julho de 2013). "Presidente interino do Egito anuncia etapas do processo de transição". RFi. Consult. 4 de março de 2015. 
  3. Sven Pöhle (5 de julho de 2013). "O general e o jurista que comandam o Egito". DWelle. Consult. 4 de março de 2015. 
Wikinotícias
O Wikinotícias tem uma ou mais notícias relacionadas com este artigo: Presidente interino do Egito assume o poder
Precedido por
Mohamed Morsi
Coat of arms of Egypt.svg
Presidente do Egito

3 de julho de 2013
até 8 de junho de 2014
Sucedido por
Abdul Fatah Khalil Al-Sisi


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adly Mansur