Adolfo I de Nassau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Adolfo I de Nassau
Nascimento 1255
Morte 2 de julho de 1298 (43 anos)
Göllheim
Sepultamento Catedral de Speyer
Progenitores Pai:Walram II de Nassau
Cônjuge Imagina de Isenburg-Limburg
Filho(s) Mechtilde de Nassau, Gerlach I, Ruprecht VI
Ocupação soberano, conde
Título conde
Armoiries empereur Adolphe de Nassau.svg
Assinatura
Beginn Urkunde Adolf von Nassau.jpg

Adolfo de Nassau (c. 1250 ou c. 1255 – Göllheim, 2 de julho de 1298) foi rei dos Romanos e rei da Germânia.

Era um dos quatro filhos de Adelaide de Katzenelnbogen e Walram II de Nassau, conde de Nassau-Wiesbaden, de Nassau-Weilburgo e Nassau-Idstein, em 1276, uma das mais antigas e prestigiadas famílias da Europa. Perto de 1271 casou com Imagina de Limburgo, filha de Gerlier ou Gerlach I, Conde de Isemburgo.

Tornou-se Rei dos romanos de 6 de janeiro de 1292 a agosto de 1298 por influência de Venceslau II da Boêmia. Representava a reação do particularismo alemão à ambição dos Habsburgos. Sua política foi oposta à de seu antecessor Rodolfo I da Germânia ou de Habsburgo, trazendo ao Império maior atenção sobre o Ocidente.

Aliado de Eduardo I da Inglaterra contra Filipe IV de França, o Belo que invadira o Franche-Comté e o Brabante. Em 1294 Alberto (1240-1314), o desnaturado, conde da Turíngia e marquês da Mísnia, vendeu-lhe suas terras, o que provocaria uma longa guerra de reconquista efetuada por seus filhos. Morreu em 1298, na Batalha de Göllheim contra seu rival Alberto de Habsburgo.

Descendência[editar | editar código-fonte]

  • Gerlach ou Gerlier I (1288-1361), co-Conde de Nassau-Wiesbaden 1298-1324, Conde de Nassau-Wiesbaden 1324, Conde de Nassau-Weilburgo 1298-1355, co-Conde de Nassau-Weilburgo 1355 e Conde de Nassau-Idstein 1298.
  • Adolfo I (1307-1370), conde de Nassau-Wiesbaden, Conde de Nassau-Idstein em 1355, depois da 2a partilha, 1361. É o tronco do Ramo Nassau-Idstein-Wiesbaden.
  • João I (1309-1371), Conde de Nassau-Weilburg em 1355 e tronco do Ramo Nassau-Weilburg-Sarrebruck. Conde principesco em 1366.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adolfo I de Nassau