Adrian Frutiger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adrian Frutiger
Frutiger em 2002
Nascimento 24 de maio de 1928
Unterseen, Berna, Suíça
Morte 10 de setembro de 2015 (87 anos)
Bremgarten bei Bern, Suíça
Nacionalidade Suíço
Alma mater Kunstgewerbeschule, Zurique
Ocupação Tipógrafo e designer
Principais trabalhos Univers, Frutiger e Avenir
Religião Calvinista[1]
Série de fontes desenvolvidas por Frutiger

Adrian Frutiger (Unterseen, 24 de maio de 1928Bremgarten bei Bern, 12 de setembro de 2015) foi um designer de caracteres e logotipos suíço.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de um tecelão, Frutiger sempre foi apaixonado por escultura. Seu pai era contra a incursão de seu filho no mundo das artes e Adrian, numa espécie de ato rebelde, criava tipos de letras diferentes indo contra a escrita tradicional européia daquele tempo. Por conta de seu grande talento, foi incentivado a estudar artes gráficas por seus professores.[3][4]

Seu amor pela escultura influenciou muitas de suas fontes. Frutiger tem uma carreira que passa desde o desenvolvimento dos tipos em metais quentes até a era do desenho digital. É dele o projeto de sinalização do Aeroporto Internacional Charles de Gaulle, um dos mais bem sinalizados do mundo, de acordo com revistas de design internacionais, onde é utilizada a fonte que inicialmente seria chamada de Roissy, local onde está construído o aeroporto já citado, tendo, depois, seu nome sido mudado para o próprio nome do autor, Frutiger.

Trabalho[editar | editar código-fonte]

A fonte que leva seu nome é hoje sinônimo de boa leitura e sinalização clara, sendo usada também no metrô de Buenos Airese nos trens urbanos de São Paulo - CPTM. Embora seja criada para grandes formatos, há projetos editoriais executados nesta fonte e em muitas outras que exigem clareza e boa legibilidade. [5][6]

Fontes[editar | editar código-fonte]

Referências