Aermacchi M-346

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Yakovlev Yak-130
Aermacchi M-346

O Aermacchi M-346 ou Yakovlev Yak-130 é uma aeronave DUO-motora a jato para o treinamento militar desenvolvida pelas companhias italiana Aermacchi e russa Yakovlev.

Projectado como aeronave de treino para as Forças Aéreas da Rússia e da Itália, em 1993 foi assinado o acordo para o desenvolvimento conjunto. Esta aeronave irá substituir o Aermacchi MB-339 na Força Aérea da Itália e o Aero L-39 na russa, sendo ainda oferecido para exportação.

Diferenças com relação ao desenvolvimento levaram a separação do projeto em duas versões baseadas em um único projeto inicial. O Aermacchi M-346 receberá exclusivamente equipamentos ocidentais para o mercado mundial, enquanto o Yak-130 será oferecido para os tradicionais clientes russos. As primeiras entregas estão previstas para 2008.

Ainda em 2013, a empresa brasileira Mectron, subsidiária da Odebrecht Defesa e Tecnologia (ODT), responsável pela produção dos radares Scipio-01, mantém negociações para fornecer os radares que equiparariam as Yakovlev Yak-130. O equipamento de radar é o mesmo já utilizado com sucesso nos caças-bombardeiros produzidos pela Embraer.

O radar pode identificar um mínimo de 4 objetivos (e, talvez, no máximo 8) simultaneamente. Alvos aéreos de 5 metros quadrados podem ser encontrados a 32 quilômetros de distância, e terrestres de 100 metros quadrados, a até 80 quilômetros.

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.