Aeroporto Diomício Freitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Airport symbol comercial.png
Criciúma / Forquilhinha
Aeroporto Diomício Freitas
IATA: CCM - ICAO: SBCM
Características
Tipo Público
Administração INFRAERO
Serve Região Carbonífera
Localização Brasil Forquilhinha, SC
Coordenadas 28° 43' 28" S 49° 25' 16" O
Altitude 28 m (92 ft)
Movimento de 2015
Passageiros 39 372 Passageiros
Carga 17 703 Kg
Aéreo 1 650 Decolagens
Mapa
SBCM está localizado em: Brasil
SBCM
Localização do aeroporto no Brasil
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
09 / 27 1 488 m (4 882 ft) Asfalto
Notas
Dados do DECEA[1] e da INFRAERO[2]


O Aeroporto de Forquilhinha - Diomício Freitas (IATA: CCMICAO: SBCM) é um aeródromo público brasileiro, localizado no município de Forquilhinha, Santa Catarina. Serve a população de Forquilhinha e Criciúma, além da Região Sul do Estado. Seu nome é uma homenagem a um empresário e político catarinense.

Desde março de 2006 é administrado pela estatal Infraero, que firmou convênio com o governo do estado de Santa Catarina para prestação de serviços de administração, operação, exploração, manutenção e desenvolvimento da sua infra-estrutura.[3]

O governo do estado liberou 8 milhões de reais para obras de ampliação da pista e construção de um novo pátio de manobras, investimento necessários para que o aeroporto possa operar com aeronaves de grande porte.

O terminal de passageiros do aeroporto tem 529,54 m², sala de embarque com 84 m², área de desembarque de 27,5 m², área de fila para check-in 30 m², saguão público com 178 m², oito hangares para aeronaves, um posto de abastecimento de aeronaves, edificação de 12 m² para administração e uma casa de força.[4]

Companhias aéreas e destinos[editar | editar código-fonte]

Companhias Destinos Aeronaves
Azul Brazilian Airlines logo São PauloCampinas. ATR 72

A Companhia aérea encerrará as operações no aeroporto em 10 de novembro de 2016.[5]

Características[editar | editar código-fonte]

  • Piso: A
  • Sinalização: S
  • Terminal de passageiros: 529,54 m²
  • Pista: 1.491 x 30 m

Fim das operações comerciais[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2016, a Azul Linhas Aéreas, única empresa a operar no aeroporto, anunciou a transferência de seus dois voos diários para o Aeroporto de Jaguaruna, a partir do dia 10 de novembro do mesmo ano, o que resultará no fim das operações comerciais no local. O motivo alegado é a falta de condições para a operação de aeronaves maiores, no caso o Embraer 195.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Publicação Auxiliar de Rotas Aéreas (ROTAER)» (PDF). Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). 2016. Arquivado desde o original (PDF) em 1 de outubro de 2016. Consultado em 1 de outubro de 2016. 
  2. «Estatísticas» (HTML). INFRAERO. 2015. Consultado em 16 de outubro de 2016. 
  3. «Infraero continua na administração do Aeroporto Diomício Freitas, em Forquilhinha». www.sdrs.sc.gov.br. Consultado em 2015-12-08. 
  4. «Aeroporto de Criciúma/Forquilhinha». www.infraero.gov.br. Consultado em 2015-12-08. 
  5. G1 Santa Catarina - Azul quer transferir todos os voos para Jaguaruna
  6. Diário Catarinense - Azul passa a operar no Aeroporto de Jaguaruna