Aeroporto Internacional José Martí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Fevereiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Airport symbol comercial.png
Aeroporto Internacional José Martí
IATA: HAV - ICAO: MUHA
Características
Tipo Público
Administração Empresa Cubana de Aeropuertos y Servicios Aeronáuticos
Serve Havana
 Cuba
Inauguração 24 de fevereiro de 1930
Altitude 64 m (210 ft)
Website oficial www.airportcuba.com Página oficial
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
06/24 4 000 m (13 123 ft) Não disponível

O Aeroporto Internacional de Cuba José Martí é um aeroporto localizado a 18 km do Havana e tem o nome José Martí para honrar o patriota e poeta cubano. É o principal aeroporto para voos internacionais e domésticos em Cuba, que serve um grande número de passageiros a cada ano, a maioria de Canadá, Italia, Reino Unido, Espanha, Alemanha e França; O aeroporto é um hub Cubana, Aerogaviota SA e Aero Caribbean.

Existem cinco terminais em uso no aeroporto. Terminal 1 serve voos domésticos de Cubana. Terminal 2 serve voos charter de Miami e Corsair Charters Airlines de França. Terminal 3 é o terminal maior e mais moderno, serve mais tráfego e foi construído com a ajuda canadense. Terminal 5 serve Aerocaribbean e algumas outras linhas de charters. Aerovaradero terminal de carga é usado principalmente por Cargosur (Iberia Group) e Cubana Cargo. Há um serviço de ônibus a transferência entre terminais.

Devido ao embargo dos Estados Unidos contra Cuba, qualquer companhia aérea dos Estados Unidos é permitido realizar voos regulares para o aeroporto, para que todos os voos regulares para Miami são designados como charters. Várias companhias aéreas operados serviço contínuo entre Havana e Miami , essas companhias incluem American Eagle , Gulfstream International Airlines ', e United Aierlines. Devido à relação de Cuba com o União Soviética, durante os anos 70 e 80 do aeroporto contou com a presença de muitas companhias aéreas no Bloco.

Em 2002, a Logística de Carga Aérea (ELCA SA) abriu um novo terminal de cargas, uma joint venture compartilhada entre a empresa Cargosur, parte do grupo Iberia em Espanha, e Aerovaradero SA de Cuba, com um investimento de mais de 2,5 milhões. O objectivo desta empresa, a mais moderna de seu tipo nesta região geográfica, para facilitar e reduzir o custo do frete entre a Europa e as Américas, aeronaves várias empresas pertenecentes. O terminal tem uma capacidade de 600 toneladas e 2000 metros cúbicos de espaço.

Em 2015, após acordo entre os EUA e Cuba, serão retomados os voos regulares entre os países. Diversas companhias já estão solicitando rotas, entre elas: American Airlines e Delta Airlines. Os voos devem começar até final de 2016.

Companhias Aéreas e Destinos[editar | editar código-fonte]

Companhias Aéreas Destinos
Países Baixos Aerocaribbean (HUB) Camaguey, Cayo Coco, Holguin, Nueva Gerona, Santiago de Cuba, Santo Domingo
Rússia Aeroflot Moscou
México Aeroméxico Cancun, Cidade do México
Aruba AG Ailines/Aruba Airlines Miami
Alemanha Air Berlin Dusseldorf
Canadá Air Canada Toronto
China Air China Montreal
Espanha Air Europa Madrid
França Air France Paris
Estados Unidos Alaska Airlines Los Angeles
Estados Unidos American Airlines Charlotte, Chicago, Dallas/Fort Worth, Los Angeles, Miami, Tampa
Colômbia Avianca Bogotá
Bahamas Bahamasair Nassau
Itália Blue Panorama Airlines Cayo Coco, Milão, Roma
Ilhas Cayman Cayman Airways George Town
Alemanha Condor Frankfurt
Venezuela Conviasa Caracas
Panamá Copa Airlines Bogotá, Cidade do Panamá
Cuba Cubana de Aviación (HUB) Baracoa, Bayamo, Bogotá, Camaguey, Cancun, Caracas, Cayo Largo del Sur, Cidade do México, Fort-de-France, Guantanamo, Holguin, Las Tunas, Madrid, Managua, Manzanillo, Moa, Nassau, Nueva Gerona, Porlamar, San José, Santiago de Cuba, Santo Domingo, Varadero
Estados Unidos Delta Airlines Atlanta, Miami, Nova Iorque (JFK), Orlando
Estados Unidos Eastern Air Lines Miami
SuíçaEdelweiss Air Zurique
Alemanha Eurowings (Em breve) Colónia (Inicia em 15/12/16)
Espanha Evelop Airlines Madrid
Dinamarca Flex Flight Madrid
Estados Unidos Frontier Miami
Estados Unidos IBC Airways Miami
Espanha Iberia Madrid
InterCaribbean Airways Providenciales
México Interjet Cancun, Cidade do México, Merida, Monterrey
Estados Unidos JetBlue Airways Fort Lauderdale, Nova Iorque (JFK), Orlando, Tampa
Países Baixos KLM Amsterdam
Peru LAN Airlines Lima
Estados Unidos Miami Air International Miami
Itália Neos Air Cancun
Portugal Orbest Madrid
República Dominicana PAWA Dominicana Santo Domingo
Bahamas SkyBahamas Airlines Miami
Estados Unidos Spirit Airways Fort Lauderdale
Estados Unidos Southwest Fort Lauderdale, Tampa
Estados Unidos Sun Country Airlines Nova Iorque (JFK)
Estados Unidos Swiftair Miami, Tampa
Angola TAAG Angola Airlines Luanda
Honduras TACA Airlines Lima, San Salvador
Equador TAME Quito
Turquia Turkish Airlines (Em breve) Caracas, Istambul - (Inicia em 12/12/16)
Estados Unidos United Airlines Houston, Newarck
Inglaterra Virgin Atlantic Airways Londres (LGW)
Estados Unidos Xtra Airways Miami
Ícone de esboço Este artigo sobre um aeroporto, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aeroporto Internacional José Martí