Aeroporto Regional de Bonito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Airport symbol comercial.png
Bonito
Aeroporto Regional de Bonito
IATA: BYO - ICAO: SBDB
Características
Tipo Público
Administração DIX Empreendimentos LTDA
Serve Bonito
Localização Brasil Bonito, MS
Inauguração 2005 (11 anos)
Coordenadas 21° 14' 50" S 56° 27' 09" O
Altitude 334 m (1 096 ft)
Movimento de 2015
Passageiros 12 500 Passageiros
Carga 323 Kg
Aéreo 161 Decolagens
Mapa
SBDB está localizado em: Brasil
SBDB
Localização do aeroporto no Brasil
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
18 / 36 2 000 m (6 562 ft) Asfalto
Notas
Dados da DECEA[1] e da ANAC[2]

O Aeroporto Regional de Bonito é um aeroporto localizado em Bonito, Mato Grosso do Sul, Brasil. O aeroporto é admistrado pela concessionária Dix Empreendimentos Ltda, que é a detentora, junto à Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), para explorar, administrar, operacionalizar e manter o receptivo por 13 anos. É um importante aeroporto turístico de MS e oferece opções de vôo regionais e nacionais e internacionais. Atualmente está classificado como aeroporto de segunda categoria, dispondo de todos os serviços essenciais à esta classificação. Tem capacidade para receber aviões de grande porte como Boeings 737 e Airbus 320. Sua latitude é de 21º 13' 46 S e sua longitude é de 56º 27' 22 W. Possui fuso horário: UTC -4 (-3DT)

Em um estudo recente divulgado dia 17 de setembro de 2014 na Airport Infra Expo & Aviation Expo, em São Paulo, foram listados os 100 aeroportos regionais do Brasil com maior potencial de desenvolvimento. Numa escala que varia entre Muito Alto, Alto, Médio e Baixo desenvolvimento, o aeroporto de Bonito ficou com a classificação de nível "Médio" de desenvolvimento, ficando em sétimo lugar na região Centro-oeste. E na classificação geral ficou em 52º lugar, entre os 100 estudados com Índice de Qualidade Mercadológica (IQM) de 26,33 pontos.[3]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O aeroporto foi inaugurado em 2005 na gestão do então governador Zeca do PT. Mais recentemente, em 20 de dezembro de 2012, Bonito foi incluída no Programa de Investimentos em Logística: Aeroportos do Governo Federal, um conjunto de medidas para melhorar a qualidade dos serviços e da infraestrutura aeroportuária e ampliar a oferta de transporte aéreo à população brasileira. O aeroporto é um dos nove de Mato Grosso do Sul a serem incluidos no programa.[4]

Distâncias[editar | editar código-fonte]

Está situado na Rodovia MS 178 a:

  • 13 km do centro de Bonito
  • 285 km de Campo Grande
  • 1.170 km de São Paulo
  • 1.378 km de Brasília
  • 1.600 km do Rio de Janeiro
  • 1.050 km de Curitiba

Distancias consideradas medias possibilitando tarifas acessíveis ao turista.

Vôos[editar | editar código-fonte]

Empresas operantes[editar | editar código-fonte]

Lista das companhias aéreas e de táxi aéreo que operam em Bonito/MS

Companhias Destinos Aeronaves
Brasil Azul Linhas Aéreas Campinas (Viracopos) ATR-72-600
Táxi aéreo
Nome da empresa
Gensa

Destinos[editar | editar código-fonte]

Município Companhias
Sudeste
São Paulo Campinas Azul Linhas Aéreas

Complexo[editar | editar código-fonte]

Externo[editar | editar código-fonte]

Possui uma pista homologada para pouso-decolagem que possui dimensão de 2.000 m de comprimento X 30 m de largura.

  • Piso: A
  • Sinalização: S
  • Pátio e estacionamento de Aeronaves
  • Boxes de Aeronaves
  • Corpo de Bombeiros (Seção Contra Incêndio)
  • SAC/ANAC – Seção de Aviação Civil;

Terminal de passageiros[editar | editar código-fonte]

Com área de 1800 m², possui lojas comerciais, restaurante, além de modernos equipamentos, tais como esteira de bagagens, pórticos detectores de metais, raio X para vistoria de bagagem de mão, radio e telecomunicações, auxilio a navegação e de proteção ao meio ambiente.

Área de embarque e desembarque
  • Balcão de Check-in
  • Portão de embarque
  • Sala de desembarque
  • Sala de embarque
Outros serviços
  • Restaurante
  • Lojas comerciais
  • Agência dos Correios
  • Ponto de táxi aeroporto
  • Estacionamento

Referências

  1. «Publicação Auxiliar de Rotas Aéreas (ROTAER)» (PDF). Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). 2016. Arquivado desde o original (PDF) em 1 de outubro de 2016. Consultado em 1 de outubro de 2016. 
  2. «Dados Estatísticos». Agência Nacional de Aviação Civil. 2015. Arquivado desde o original (XLSB) em 2 de outubro de 2016. Consultado em 2 de outubro de 2016. 
  3. Estudo aponto aeroportos regionais com maior potencial econômico - Contato Radar
  4. Governo anuncia programa de investimento em aeroportos - Secretaria de Aviação Civil

Ligações externas[editar | editar código-fonte]