Aeroporto de Auckland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Aeroporto de Auckland
Aeroporto
IATA: AKL - ICAO: NZAA
Características
Tipo Público
Administração Auckland International Airport Limited
Serve Auckland
Inauguração 29 de janeiro de 1966
Coordenadas 37° 0' 29" S 174° 47' 30" E
Altitude 7 m (23 ft)
Movimento de 2007
Passageiros 13,000,000
Website oficial Página oficial
Mapa
AKL está localizado em: Nova Zelândia
AKL
Localização do aeroporto na Nova Zelândia
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
05R/23L 3 635  m (11 926 ft) Concreto

O Aeroporto de Auckland (IATA: AKLICAO: NZAA) é o maior e mais movimentado aeroporto da Nova Zelândia, com mais de 21 milhões de passageiros no ano encerrado em março de 2019.[1] O aeroporto está localizado próximo de Mangere, um subúrbio a oeste da cidade de Manukau, e está à 21 km ao sul da área central de Auckland. É o principal centro de operações doméstico e internacional da companhia aérea Air New Zealand.

O aeroporto é um dos ativos de infraestrutura mais importantes da Nova Zelândia, proporcionando milhares de empregos para a região. Em 2000, o aeroporto de Auckland recebeu 71% dos pousos e decolagens de passageiros aéreos internacionais na Nova Zelândia.[2] É um dos únicos dois aeroportos comerciais na Nova Zelândia (o outro sendo Christchurch) capaz de receber aeronaves Boeing 747 e Airbus A380.

Tem uma capacidade de cerca de 45 movimentos de voo por hora,[3] usando uma única pista que possui sistema de pouso por instrumentos de categoria III B (a uma taxa reduzida de movimentos). Em novembro de 2007 foram iniciadas as obras de uma nova pista a norte, a ser construída em várias etapas e a ser utilizada principalmente por aeronaves de menor porte, aumentando a capacidade da pista principal. O projeto foi suspenso por pelo menos 12 meses em outubro de 2009, entretanto, e adiado por mais alguns anos em agosto de 2010, após consulta às companhias aéreas e uma revisão das opções de gerenciamento de capacidade. O momento do reinício da construção da segunda pista será determinado pela demanda em relação à capacidade da pista existente. A previsão é de que a segunda pista seja concluída em 2025.[4]

Referências

  1. «Monthly Traffic update – March 2019». Auckland Airport 
  2. «Tourism and migration 2000, Part 1: International passenger traffic». Statistics New Zealand. 2000. Consultado em 4 de março de 2021. Arquivado do original em 17 de outubro de 2015 
  3. Dearnaley, Mathew (5 de outubro de 2007). «Stage one begins for second runway». The New Zealand Herald (em inglês) 
  4. «Development of airports second runway by around 2025» (em inglês). Auckland Airport. 29 de março de 2014. Consultado em 4 de março de 2021. Arquivado do original em 17 de outubro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]