Afasia nominal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A lesão de qualquer desses centros de linguagem pode causar afasia nominal.

Afasia nominal (do grego aphasia, não fala e do latim nomina, nomes), anomia ou amnesia nominal (do grego mnesis, memória) é um tipo leve e fluente de afasia em que os indivíduos apresentam falhas na evocação de palavras previamente conhecidas, de modo que não podem expressar as palavras que desejam dizer (particularmente substantivos e verbos).[1]

Anomia é um sintoma de déficit na linguagem expressiva. Esquecer palavras é comum em todas as formas de afasia, mas os pacientes cujo déficit primário é a recuperação de palavras são diagnosticados com afasia nominal. [2] Indivíduos com afasia que exibem anomia geralmente podem descrever um objeto, desenhá-lo ou usar gestos para demonstrar como o objeto é usado, mas não conseguem falar a palavra apropriada para designá-lo. Pacientes com afasia anômica normalmente têm fluência da fala, repetição, compreensão e fala gramaticalmente preservada.[3]

Causas[editar | editar código-fonte]

A anomia pode ser genética ou causada por danos a várias partes do lobo parietal ou lobo temporal, geralmente no hemisfério cerebral esquerdo, responsáveis pela evocação de palavras. O dano pode ser por acidente vascular cerebral, traumatismo cranioencefálico, tumor cerebral, hipóxia ou demência semântica (como Alzheimer).[4][5]

Pacientes que sabiam previamente mais de um idioma podem esquecer apenas um deles e lembrar da palavra no outro. Assim se expressam misturando os dois idiomas, mesmo que sem intenção.

Referências

  1. National Aphasia Association. "Anomic Aphasia - National Aphasia Association"
  2. Manasco, M. (2014). Chapter 7: Motor Speech Disorders: The Dysarthrias. In Introduction to neurogenic communication disorders . Burlington, MA: Jones & Barlett Learning.
  3. Manasco, M. H. (2014). Introduction to Neurogenic Communication Disorders. Burlington, MA: Jones & Bartlett Learning.
  4. Woollams, AM.; Cooper-Pye, E.; Hodges, JR.; Patterson, K. (Aug 2008). "Anomia: a doubly typical signature of semantic dementia". Neuropsychologia. 46 (10): 2503–14. doi:10.1016/j.neuropsychologia.2008.04.005. PMID 18499196.
  5. Swanberg, Margaret; Nasreddine, Ziad; Mendez, Mario; Cummings, Jeffrey (12 September 2007). Textbook of Clinical Neurology (3 ed.). Saunders. p. 79–98. ISBN 9781416036180.