Affonso Celso Pastore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Afonso Celso Pastore
8º Presidente do Banco Central do Brasil
Período 5 de setembro de 1983 até
14 de março de 1985
Presidente João Figueiredo
Antecessor(a) Carlos Geraldo Langoni
Sucessor(a) Antônio Carlos Lemgruber
Dados pessoais
Nascimento 19 de junho de 1939 (82 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Aparecida Pastore
Pai: Francisco Pastore
Alma mater Universidade de São Paulo
Profissão economista

Afonso Celso Pastore (São Paulo, 19 de junho de 1939) é um economista brasileiro. Formado em economia na Universidade de São Paulo, onde também fez seu doutorado.[1]

Atuou como professor da USP, INSPER e da Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, e hoje é consultor na área de economia.

Foi secretário da Fazenda do estado de São Paulo de 1979 a 1983, e presidente do Banco Central do Brasil de 1983 a 1985, durante a ditadura militar brasileira.[2]

Escreveu diversos artigos e livros, Tem uma obra extensa sobre câmbio e inflação.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pastore formou-se em 1961, em economia, na Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas da Universidade de São Paulo (FEA-USP). Durante sua graduação, foi presidente do Centro Acadêmico Visconde de Cairu (1959). Em 1969, titulou-se doutor em economia na mesma instituição.[4]

Em 1968, integrou a delegação do governo brasileiro na reunião do Fundo Monetário Internacional (FMI), realizada em Washington.[4]

Em 1979, durante a gestão do governador Paulo Maluf, assumiu o cargo de secretário dos Negócios da Fazenda de São Paulo. Em janeiro de 1983, eximiu-se de responder pelo estouro no orçamento do estado causado pelos gastos da Paulipetro, e em março, deixou a Secretaria da Fazenda.[4]

Foi aluno de Delfim Netto, o que rendeu o apelido de "Delfim boy", junto a outros ex-alunos.[5] Em 1983, Delfim, então ministro do Planejamento, convidou Pastore a ser presidente do Banco Central do Brasil, cargo que aceitou e exerceu durante os dois anos seguintes de ditadura militar no país.[4][5]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Affonso Celso Pastore


Precedido por
Carlos Geraldo Langoni
Presidente do Banco Central do Brasil
1983 — 1985
Sucedido por
Antônio Carlos Lemgruber


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.