Affonso Felippe Gregory

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Affonso Felippe Gregory
Bispo da Igreja Católica
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 25 de fevereiro de 1956
Ordenação episcopal 12 de outubro de 1979
Lema episcopal A VERDADE VOS LIBERTARÁ
Dados pessoais
Nascimento Brasil Estrela
6 de fevereiro de 1930
Morte Brasil Porto Alegre
6 de agosto de 2008 (78 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Affonso Felippe Gregory (Estrela, 6 de fevereiro de 1930Porto Alegre, 6 de agosto de 2008) foi um bispo católico brasileiro. Foi bispo auxiliar do Rio de Janeiro e bispo diocesano de Imperatriz, no Maranhão.

Estudos[editar | editar código-fonte]

Dom Affonso estudou no Seminário São José de Gravataí (1942-1949), no Seminário Nossa Senhora da Conceição de São Leopoldo (1950-1952) e na Pontifícia Universidade Gregoriana (1952-1956).

Atividades antes do episcopado[editar | editar código-fonte]

Dom Gregory recebeu a ordenação presbiteral no dia 25 de fevereiro de 1956, aos 26 anos. Foi o primeiro pároco de São Carlos, na Arquidiocese de Porto Alegre (1961-1962); professor no Seminário de Viamão; primeiro Diretor Executivo do Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais (1963-1980); membro da Equipe de Reflexão Teológico-Pastoral do CELAM (1956-1980); membro do Pontifício Conselho Cor Unum da Santa Sé em 1977; perito da Segunda Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, em Medellin (1968); membro da Comissão de Desenvolvimento e População da OEA (1968-1970).

Atividades durante o episcopado[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de agosto de 1979, o Papa João Paulo II designou Affonso Gregory para a função de bispo auxiliar do Rio de Janeiro, com a sé titular de Drusiliana. Recebeu a ordenação episcopal no dia 12 de outubro de 1979, pelas mãos do Cardeal Eugênio Sales, Dom Adriano Mandarino Hypólito, OFM, e Dom Waldyr Calheiros Novaes.

No dia 16 de julho de 1987, Dom Affonso foi designado para ser o primeiro bispo de Imperatriz.

Dom Affonso foi ainda Presidente da Cáritas Brasileira e Responsável pelo Setor da Pastoral Social da CNBB (1983-1990); Presidente da Cáritas Internacional (1991-1999); Presidente do CERIS (1981).

Renunciou ao múnus episcopal no dia 3 de agosto de 2005, sendo sucedido por Dom Gilberto Pastana de Oliveira.

O bispo faleceu às 20h30min do dia 6 de agosto de 2008, uma quarta-feira, no Hospital Mãe de Deus, na cidade de Porto Alegre, onde estava internado. Há aproximados dois anos Dom Affonso sofria de leucemia. O Sepultamento ocorreu na cidade de Imperatriz.

Homenagem[editar | editar código-fonte]

A ponte estilo estaiada que interliga as cidades de Imperatriz, no Maranhão, a São Miguel do Tocantins no estado do Tocantins recebeu o seu nome quando foi inaugurada em 2010.

Ordenações episcopais[editar | editar código-fonte]

Dom Affonso Felippe foi concelebrante da ordenação episcopal de:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.