Afixo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Afixo é um elemento que se junta a um radical para formação de uma palavra, alterando o sentido básico da palavra. [1] Seu estudo faz parte da chamada Morfologia derivacional. [2]

Tipos[editar | editar código-fonte]

Na língua portuguesa os afixos podem ser classificados em prefixos e sufixos, conforme a posição que são colocados na palavra em relação ao radical. [2] Na língua portuguesa não há infixos. [3] [4] [5]

Prefixo
É o afixo que se acrescenta antes do radical (ex.: bibliografia, internet), no acréscimo muda o sentido básico do radical. [1] [2]
Sufixo
É o afixo que se acrescenta depois do radical (ex.: plantação, globalização), no acréscimo muda o sentido básico e até a própria classe gramatical da palavra. [1] [2]

Referências

  1. a b c Mesquita, Roberto Melo; Martos, Cloder Rivas (1994). Português - Linguagem & Realidade 1 3 ed. (São Paulo: Saraiva). p. 114. ISBN 85-02-01251-7. 
  2. a b c d Abaurre, Maria Luiza; Pontara, Marcela Nogueira; Fadel, Tatiana (2005). Português: língua e literatura 1 2 ed. (São Paulo: Moderna). p. 158. ISBN 85-16-03845-9. 
  3. José Neves Henriques. «Erros que se ensinam». Consultado em 08 de novembro de 2013. 
  4. Amael Oliveira. «Os infixos e o radical das palavras». Consultado em 08 de novembro de 2013. 
  5. a b José Augusto Carvalho (Novembro de 2013). «Quem entende os dicionários?». UOL. Consultado em 09 de março de 2013. 

Veja também abaixo[editar | editar código-fonte]