Afonso Bezerra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Afonso Bezerra
"A.B Flor do Sertão Carapebas"
Bandeira de Afonso Bezerra
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 27 de Outubro
Fundação 27 de outubro 1953
Gentílico afonso-bezerrense[1]
Prefeito(a) Francisco das Chagas Felix Bertuleza (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Afonso Bezerra
Localização de Afonso Bezerra no Rio Grande do Norte
Afonso Bezerra está localizado em: Brasil
Afonso Bezerra
Localização de Afonso Bezerra no Brasil
05° 29' 52" S 36° 30' 21" O05° 29' 52" S 36° 30' 21" O
Unidade federativa  Rio Grande do Norte
Mesorregião Central Potiguar IBGE/2008[2]
Microrregião Angicos IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Pedro Avelino, Angicos, Pendências, Alto do Rodrigues
Distância até a capital 168 km[3]
Características geográficas
Área 576,248 km² [4]
População 11 207 hab. (RN: 62º) –  IBGE/2016[5]
Densidade 19,45 hab./km²
Altitude 62 m
Clima Semiárido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,585 baixo PNUD/2010[6]
PIB R$ 35 468,131 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 3 337,23 IBGE/2008[7]
Página oficial

Afonso Bezerra, município no estado do Rio Grande do Norte (Brasil), localizado na microrregião de Angicos. Sua população, estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano 2004 era de 10.936 habitantes. Área territorial de 576,25 km².

Limita-se com os municípios de Alto do Rodrigues (norte), Pedro Avelino (leste), Açu (oeste), Angicos e Ipanguaçu (sul).

Geograficamente, a sede do município está a 5° 29’ 54” de latitude sul e 36° 30’ 20” de longitude oeste. A altitude é de 62 m acima do nível do mar e a distância rodoviária até a capital é de 168 km. A pluviosidade normal do município é de 528.8 mm/ano.

A criação do município se deu através da Lei nº 20, de 27 de outubro de 1953, tendo sido desmembrado do município de Angicos.

O IDEMA (Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente) define o solo da região como do tipo Cambissolo Eutrófico, com aptidão agrícola regular e restrita para lavouras. Apta para culturas especiais de ciclo longo tais como algodão arbóreo, sisal, caju e coco. Uma pequena área a sudeste com aptidão regular e restrita para pastagem natural.

Afonso Bezerra é certificada pela UNICEF pela como município aprovado, ou seja, tem uma expectativa para com as crianças e os adolescentes da cidade.

A cidade também se destaca pelos seus lençóis freáticos, que ajudam a abastecer por meio de carros-pipa as cidades circunvizinhas. Sua grande bacia de água doce se encontra do na zona rural do município.

Flor do Sertão, como é conhecida tem uma boa produção de barris de petróleo, o que gera muitos recursos para a cidade. Destaque também pela indústria eólica, Afonso Bezerra é sede de umas das maiores produções de energia eólica do estado.

Economia[editar | editar código-fonte]

Tem por base o comércio e o setor de serviços. De acordo com dados do IPEA do ano de 1996, o PIB era estimado em R$ 4,66 milhões, sendo que 18,4% correspondia às atividades baseadas na agricultura e na pecuária, 4,4% à indústria e 77,1% ao setor de serviços. O PIB per capita era de R$ 471,91.

Em 2002, conforme estimativas do IBGE, o PIB havia evoluído para R$ 18,874 milhões e o PIB per capita para R$ 1.731,00.

Produção agrícola[editar | editar código-fonte]

IBGE (2002)
Lavoura Quantidade produzida (ton.) Valor da produção (R$ mil) Área plantada (ha.) Área colhida (ha.) Rendimento médio (kg/ha.)
Algodão herbáceo (em caroço) 60 36 150 120 500
Banana 86 15 3 3 28.666
Castanha de caju 12 5 80 80 150
Feijão (em grão) 50 20 200 200 250
Limão 4 1 1 1 4.000
Mamão 168 67 4 4 42.000
Mandioca 162 8 20 20 8.100
Manga 836 33 38 38 22.000
Melancia 140 70 5 5 28.000
Milho 60 18 200 200 300
Tomate 240 120 6 6 40.000

Pecuária[editar | editar código-fonte]

IBGE (2002)
Rebanho Efetivo (cabeças)
Bovino 5.154
Suíno 625
Eqüinos 169
Asininos (jumentos) 346
Muares (mulas) 72
Ovinos 2.570
Galinhas 1.199
Galos, frangas, frangos e pintos 2.876
Caprinos 4.054
Vacas ordenhadas 512
IBGE (2002)
Gênero Produção
Leite de vaca 350 (mil litros)
Ovos de galinha 8 (mil dúzias)

Dados estatísticos[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

IBGE (2003)
Ensino Alunos matriculados Professores
Fundamental 2.276 96
Médio 393 13
  • Analfabetos com mais de quinze anos: 39,48% (IBGE, Censo 2000).

IDH[editar | editar código-fonte]

PNUD (2000)
IDH 1991 2000
Renda 0,436 0,528
Longevidade 0,562 0,675
Educação 0,522 0,683
Total 0,507 0,629

Saneamento urbano[editar | editar código-fonte]

IBGE (2000)
Serviço Domicílios (%)
Água 91,2%
Esgoto sanitário 44,4%
Coleta de lixo 94,3%

Saúde[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Histórico de Afonso Bezerra no site do IBGE
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. FEMURN. «Distâncias dos Municípios do Rio Grande do Norte a Natal-RN». Consultado em 13 de agosto de 2011 
  4. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  5. «ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 4 de setembro de 2013 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010