Afonso Della Monica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde novembro de 2011).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

Afonso Della Monica Neto é um dirigente esportivo do Brasil e presidente do Palmeiras desde o início do ano de 2005, anteriormente ele era membro do "conselho gestor" do clube. Della Mônica se candidatou a reeleição e derrotou Roberto Frizzo por apenas 32 votos de diferença (157 a 125). Essa foi uma das eleições mais disputadas dentro do clube, que costumava ter até mais de 100 votos de diferença entre os candidatos.Foi eleito inicialmente pela indicação de Mustafá Contursi, mas logo que assumiu o cargo, com o apoio da diretoria(Salvador Palaia, Savério Orlandi, Genaro Marino), e a ligação surpreendente com a antiga oposicionista(a mesma que indicou Roberto Frizzo) e o movimento "Muda Palmeiras", se separou de Contursi e passou a comandar o clube na busca de um título, que se concretizou com o Campeonato Paulista de futebol 2008, um título depois de 5 anos, sendo que o último havia sido a Série B de 2003.Com o estilo inovador de seu mandato, por uma renovação da diretoria, Della Monica, inicialmente visto como "sobrinho político" de Mustafá, foi aos poucos conquistando a torcida palmeirense,que pela primeira vez em muitos anos passou a apoiar a diretoria, reconhecendo seu esforço e luta pelas melhorias que o clube precisava.Seu mandato iniciou uma virada, na parte financeira, com a parceria com a Traffic, no futebol(o time voltou a disputar taças) e no Projeto Arena, que prevê a reforma do Palestra Itália e a construção da primeira arena esportiva multiuso do Brasil. Della Monica ocupou o cargo até 2009, quando a sua chapa, indicou o famoso economista Luiz Gonzaga Belluzzo à presidência, e venceu o oposicionista, apoiado por Mustafá Contursi, Roberto Frizzo.

Notas e referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.