Afonso Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Afonso Dias, é um músico, cantor, poeta e actor português.

Foi deputado à Assembleia Constituinte de 1975/76, pela UDP (não tendo contudo exercido outros cargos políticos posteriormente). Como músico, foi um dos fundadores, em 1974, do GAC – Grupo de Acção Cultural, com o qual efectuou dezenas de apresentações no país e no estrangeiro, assim como editou diversos vários discos.

Ao longo da sua carreira tem integrado espectáculos com artistas como José Afonso, Sérgio Godinho, Francisco Fanhais, Manuel Freire, Pedro Barroso, Tino Flores e José Fanha, entre outros.

No âmbito do teatro, frequentou, nos anos 60 e 70, acções de formação teatral com Costa Ferreira, Carmen Dolores e Rogério Paulo.

Foi fundador, em 1999, da Trupe Barlaventina – Jograis do Algarve, com a qual realizou inúmeros espectáculos e gravações de estúdio. Já trabalhou como encenador-actor, colaborando como actor (e cantor), desde 2003, com a ACTA (A Companhia de Teatro do Algarve). É membro da Associação Música XXI, na qual tem vindo a editar a colecção de CDs Selecta.

Actividade pedagógica

Colaborou com a Direção Regional de Educação do Algarve,, entre 2001 e 2013, nos projetos de promoção da poesia nas escolas Ao sabor da poesia e A Poesia está na Escola . Nesses projectos realizou muitas centenas de sessões para mais de 85 000 (oitenta e cinco mil) alunos.

Desse projeto resultou a edição de 3 CD's de poesia produzidos em colaboração com a Associação de Professores de Português de título genérico “cantando espalharey”.

Nos últimos anos tem feito trabalho semelhante nas escolas do Município de Loulé tendo realizado, em 2015 e 2016, mais de 100 sessões do recital “Poesia e cidadania” para cerca de seis mil alunos.

Discografia (a solo, como músico)[editar | editar código-fonte]

    • O que vale a pena (LP, Diapasão, 1979)
    • Pela calada (LP, Transmédia, 1988) - com Bastos Moenho
    • Olhar de Pássaro (CD, Strauss, 2000) (nomeado para o Prémio José Afonso)
    • Na asa loira do Sol - Fados Meridionais (CD, 2001)
    • Geometria do Sul (Cd, 2002)
    • Abecedário a rimar (CD, 2003)
    • "13" (CD, 2010)
    • Fado Aleixo (CD, 2013)
    • O mar ao fundo (CD, 2014)

Discografia (a solo, como declamador)[editar | editar código-fonte]

Discografia (como elemento da Trupe Barlaventina)[editar | editar código-fonte]

    • Lendas do País do Sul (1999)
    • O perfume da palavra

Livros de Poesia[editar | editar código-fonte]

    • Grande Angular (2000)
    • Toccata e Fuga (2003)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Associação Música XXI

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.