Afonso de Almeida Fernandes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Afonso de Almeida Fernandes
Nascimento 12 de dezembro de 1906
Lisboa
Morte 1986 (80 anos)
Lisboa
Cidadania Portugal
Alma mater Universidade Técnica de Lisboa
Ocupação oficial
Prêmios Grã-Cruz da Ordem do Infante Dom Henrique, Comendador da Ordem Militar de Avis, Oficial da Ordem Militar de Avis
Afonso de Almeida Fernandes.

Afonso Pinto de Magalhães Galvão Mexia de Almeida Fernandes OAComAGCIH (Lisboa, São Sebastião da Pedreira, 12 de dezembro de 19061986) foi um brigadeiro do Exército Português e ministro do Exército (1958-1961).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi oficial da Arma de Engenharia e licenciou-se em Engenharia Civil (1928) pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa, onde conheceu a sua esposa, a engenheira Maria Amélia Chaves, a primeira engenheira portuguesa.

Fez parte da missão militar de estudo e observação na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial (1942), da missão oficial junto do Estado-Maior Francês e da NATO, em Paris (1954), e da missão oficial junto ao Estado-Maior Espanhol, em Madrid (1955).

Foi subsecretário de Estado do Exército (1956-1958).

Em 1958, foi nomeado ministro do Exército na mesma remodelação que nomeou o general Botelho Moniz para ministro da Defesa.

No governo, reorganizou a Escola do Exército e foi um grande impulsionador da defesa dos territórios ultramarinos. Foi o criador, em 1960, do Centro de Instrução de Operações Especiais (CIOE), em Lamego[1], onde se formaram as primeiras companhias de Caçadores Especiais que foram enviadas para Angola ainda antes do início da guerra.

Fundou em 1960 o "Jornal do Exército".

Na "Abrilada" de 11 de abril de 1961, coadjuvou o ministro da Defesa, Botelho Moniz, na tentativa fracassada de afastar António de Oliveira Salazar, pelo que foi demitido do governo (13 de abril) e reformado compulsivamente como brigadeiro do Exército.

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Decreto-Lei 42926, de 16 de Abril de 1960
  2. a b c «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Afonso Magalhães de Almeida Fernandes". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 4 de agosto de 2018 
  3. a b c d e f g «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Estrangeiras». Resultado da busca de "Afonso Magalhães de Almeida Fernandes". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 4 de agosto de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]