Africada dental ejetiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Africada dental ejetiva
t̪θʼ
Codificação
X-SAMPA t-\T_>
Kirshenbaum t[T`
Som

A africada dental ejetiva é um tipo de som consonantal. O símbolo no Alfabeto Fonético Internacional que representa este som é ⟨t̪͡θʼ⟩.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Sua maneira de articulação é africada, o que significa que é produzida primeiro interrompendo totalmente o fluxo de ar e, em seguida, permitindo o fluxo de ar por um canal restrito no local da articulação, causando turbulência.
  • Seu ponto de articulação é dental, o que significa que é articulado com a ponta ou a lâmina da língua nos dentes superiores, denominados respectivamente apical e laminal. Observa-se que a maioria das oclusivas e líquidos descritos como dentais são, na verdade, denti-alveolares.
  • Sua fonação é surda, o que significa que é produzida sem vibrações das cordas vocais.
  • É uma consoante oral, o que significa que o ar só pode escapar pela boca.
  • É uma consoante central, o que significa que é produzida direcionando o fluxo de ar ao longo do centro da língua, em vez de para os lados.
  • O mecanismo da corrente de ar é ejetivo (glotálico egressivo), o que significa que o ar é forçado para fora bombeando a glote para cima.

Ocorrência[editar | editar código-fonte]

Língua Palavra AFI Significado Notas
Halkomelem[1] pé·ltʼθ [peːlt̪͡θʼeʔ] Urubu

Referências