Agência Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde outubro de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Brasil.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.

Este artigo está para revisão desde julho de 2011.

Agência Brasil
180px
Logotipo da Agência Brasil
Proprietário(s) Poder Executivo do Brasil
Requer pagamento? Não
Gênero Agência de notícias
Cadastro Não é necessário
País de origem  Brasil
Idioma(s) Português
Desenvolvedor Empresa Brasil de Comunicação
Endereço eletrónico Página oficial

A Agência Brasil é uma agência de notícias brasileira.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

A Agência Brasil foi criada durante o governo de Fernando Collor de Mello em substituição à extinta Empresa Brasileira de Notícias, que por sua vez era continuidade da Agência Nacional, criada por Getúlio Vargas. Ela é gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC).[1][3] Desde 2003, vem passando por um processo de transformação editorial: antes, restringia-se à cobertura de eventos do Governo Federal brasileiro. Atualmente, é uma agência de notícias pública, de acesso livre, de reconhecida credibilidade e abordagem pluralista. Faz parte da Aliança das Agências de Informação de Língua Portuguesa, sendo responsável pela vice-presidência deste organismo.

Com a reorientação editorial, a Agência Brasil definiu claramente o seu foco de cobertura: de atos e fatos relacionados a governo, Estado e cidadania, incluindo neste terceiro item os movimentos sociais e a sociedade civil organizada. Atualmente, seus jornalistas produzem conteúdo jornalístico preciso e objetivo, com vistas a garantir a universalização do acesso à informação no Brasil.

Entre os serviços da Agência Brasil, destacam-se:

  • Produção de notícias: informação em tempo real, sobre os principais assuntos da vida política nacional, produzidas por uma equipe de jornalistas com reconhecida credibilidade.
  • Fotografias: a equipe de fotógrafos produz farto material noticioso dentro da área de atuação da agência.
  • Produção de infografia: A Agência Brasil passou a utilizar as linguagens de vídeo, áudio, texto e gráficos estáticos e animados em novos formatos para facilitar a compreensão de determinados assuntos jornalísticos.

Segundo análise do pesquisador Pedro Aguiar, publicada em 2016, a Agência Brasil — assim como suas equivalentes privadas — não se dedica ao fluxo internacional de informações.[3] Em outras palavras, não abastece a imprensa nacional com cobertura internacional, nem fornece notícias nacionais à mídia estrangeira, dedicando-se apenas ao fluxo nacional e interregional, fazendo do Brasil uma exceção no cenário mundial da comunicação.[3] Na opinião do autor, essa situação contradiz recentes esforços políticos e diplomáticos de posicionar o país como economia em ascensão e potência emergente no cenário internacional.[3]

Congêneres dos países de língua portuguesa[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Josenildo Luiz Guerra, Rogério Christofoletti, Maria José Baldessar e Samuel Pantoja Lima (2013). «A qualidade do conteúdo da Agência Brasil/EBC : avaliação dos requisitos "diversidade","pluralidade" e "cobertura de políticas públicas"» (PDF). Revista Eptic da Universidade Federal de Sergipe. ISSN 1518-2487. Consultado em 6 de abril de 2017 
  2. Zélia Leal Adghini (2002). «Informação on-line : jornalista ou produtor de conteúdos ? (Especialmente páginas 143 e 144)». Revista Contracampo da Universidade Federal Fluminense. doi:10.20505/contracampo.v0i06.470. Consultado em 6 de abril de 2017. Cópia arquivada em 6 de abril de 2017 
  3. a b c d Aguiar 2016, pp. 55-56.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Agência Brasil


Ícone de esboço Este artigo sobre comunicação é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.