Discografia de Sepultura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Against)
Discografia de Sepultura
Andreas Kisser com o Sepultura em 2014
Álbuns de estúdio 14
Álbuns ao vivo 2
Álbuns de compilação 4
Álbuns de vídeo 5
Extended plays (EPs) 4
Singles 24
Lados B 1
Vídeos musicais 18

Esta é a discografia da banda brasileira Sepultura, que consiste em treze álbuns de estúdio, dois álbuns ao vivo, três coletâneas, quatro EP, vinte e um singles, cinco DVDs e quinze videoclipes. Desde seu início, a banda se identificou com os gêneros death metal e thrash metal. No entanto, com o passar do tempo, acabaram incorporando elementos de outros estilos como hard rock, metal industrial e nu metal. Entre suas mais notáveis influências musicais, destacam-se grupos importantes como Black Sabbath, Sex Pistols, Kiss e outros. Segundos vários portais especializados de música, o Sepultura é considerado "o grupo brasileiro de maior sucesso no mundo", enquanto a rede de televisão MTV afirmou que é provavelmente a banda de heavy metal mais importante dos anos 1990. A banda já vendeu mais de vinte milhões de cópias a nível mundial.[1]

Em sua formação clássica (1987-1996) o grupo consistia em Max Cavalera, Igor Cavalera, Andreas Kisser e Paulo Jr.

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Ano Detalhes dos álbuns Posições nos gráficos Certificações
(Vendas limiares)
AUS
[2]
AUT
[3]
FRA
[4]
ALE
[5]
HOL
[6]
NOR
[7]
SUE
[8]
SUI
[9]
RU
[10]
EUA
[11]
EUA Ind.
1986 Morbid Visions
  • Lançado: 10 de novembro
  • Gravadora: Cogumelo (COG #002)
  • Formatos: CD, CS, LP
1987 Schizophrenia
  • Lançado: 30 de outubro
  • Gravadora: Cogumelo (COG #009)
  • Formatos: CD, CS, LP
1989 Beneath the Remains
  • Lançado: 5 de setembro
  • Gravadora: Roadrunner (RR #9511-2)
  • Formatos: CD, CS, LP
1991 Arise
  • Lançado: 20 de março
  • Gravadora: Roadrunner (RR #9328-2)
  • Formatos: CD, CS, LP
46 24 40 119
1993 Chaos A.D.
  • Lançado: 2 de setembro
  • Gravadora: Roadrunner (RR #9000-2)
  • Formatos: CD, CS, LP
27 19 11 21 16 11 15 11 32
1996 Roots
  • Lançado: 20 de fevereiro
  • Gravadora: Roadrunner (RR #8900-2)
  • Formatos: CD, CS, LP
3 2 7 6 8 5 16 4 27
1998 Against
  • Lançado: 6 de outubro
  • Gravadora: Roadrunner (RR #8700-2)
  • Formatos: CD, CS, LP
25 23 33 23 76 33 40 82
2001 Nation
  • Lançado: 20 de março
  • Gravadora: Roadrunner (RR #8560-2)
  • Formato: CD
40 41 91 28 84 88 134 4
2003 Roorback
  • Lançado: 26 de maio
  • Gravadora: SPV (SPV #092-74830)
  • Formato: CD
77 46 69 17
2006 Dante XXI
  • Lançado: 2 de março
  • Gravadora: SPV (SPV #99812 CD)
  • Formato: CD
166 64 45
2009 A-Lex
  • Lançado: 23 de janeiro
  • Gravadora: Steamhammer (#230635)
  • Formatos: CD, LP
53 150 82 106 68 48
2011 Kairos
  • Lançado: 24 de junho
  • Gravadora: Nuclear Blast
  • Formatos: CD
75 87 49 49 49
2013 The Mediator Between Head and Hands Must Be the Heart
  • Lançado: 25 de outubro
  • Gravadora: Nuclear Blast
  • Formatos: CD
153 76 96 50
2017 Machine Messiah
  • Lançado: 13 de janeiro
  • Gravadora: Nuclear Blast
  • Formatos: CD
2020 Quadra
  • Lançado: 7 de fevereiro
  • Gravadora: Nuclear Blast
  • Formatos: CD, LP
19 17 63 5 13 5 5

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Ano Detalhes dos álbuns Posições nos gráficos
FRA
[4]
SUI
[9]
2002 Under a Pale Grey Sky
  • Lançado: 22 de setembro
  • Gravadora: Roadrunner (RR #8436-2)
  • Formato: CD
52 99
2005 Live in São Paulo
  • Lançado: 8 de novembro
  • Gravadora: SPV (SPV #99522 2CD)
  • Formato: CD
2014 Metal Veins - Alive in Rock in Rio
  • Lançado: 20 de setembro
  • Gravadora: SPV
  • Formato: CD

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

Ano Detalhes dos álbuns Posições nos gráficos
AUS
[2]
EUA
[11]
1996 The Roots of Sepultura
  • Lançado: 29 de novembro, 1996
  • Gravadora: Roadrunner (RR #8900-8)
  • Formato: CD
42
1997 Blood-Rooted
  • Lançado: 3 de junho, 1997
  • Gravadora: Roadrunner (RR #8821-2)
  • Formato: CD
162
1997 B-Sides
  • Gravadora: Roadrunner
  • Formato: EP
2006 The Best of Sepultura
  • Lançado: 12 de setembro, 2006
  • Gravadora: Roadrunner (RR #8260-2)
  • Formato: CD

EPs[editar | editar código-fonte]

Ano Detalhes dos álbuns
1985 Bestial Devastation
  • Gravadora: Cogumelo (COG #001)
  • Formato: CD, LP
1992 Third World Posse
  • Gravadora: Roadrunner (RR #9382)
  • Formatos: CD, LP
1994 Refuse/Resist
  • Gravadora: Roadrunner (RR #2377-2)
  • Formatos: CD, CS, LP
2003 Revolusongs
  • Lançado: 22 de novembro, 2002
  • Gravadora: FNM (FNM #020)
  • Formato: CD

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Single Posições nos gráficos Álbum
AUS
[2]
FIN
[19]
FRA
[4]
ALE
[5]
IRL
[20]
HOL
[6]
NOR
[7]
SUE
[8]
RU
[10]
1991 "Arise" Arise
"Under Siege (Regnum Irae)" 91
"Dead Embryonic Cells"
1993 "Refuse/Resist" 29 51 Chaos A.D.
"Territory" 8 66
"Slave New World" 32 46
1996 "Roots Bloody Roots" 44 2 26 42 27 35 20 14 19 Roots
"Ratamahatta" 23
"Attitude" 16 46
1998 "Choke" 110 Against
"Against"
"Tribus"
2001 "Sepulnation" Nation
"Uma Cura"
"Politricks" (com Jello Biafra)
2003 "Mindwar" Roorback
"Bullet the Blue Sky"
2006 "Convicted in Life" Dante XXI
2007 "Ostia"
2009 "We've Lost You" A-Lex
"The Treatment"
2011 "Kairos" Kairos
2013 "The Age of the Atheist" The Mediator Between Head and Hands Must Be the Heart
2015 "Under My Skin" Under My Skin EP
2019 "Isolation" Quadra
"Last Time"
2020 "Means To An End"

Álbuns de vídeo[editar | editar código-fonte]

Ano Detalhes dos vídeos Gráfico EUA[1]
1992 Under Siege (Live in Barcelona)
  • Lançado: 14 de janeiro, 1992
  • Gravadora: Roadrunner (RRV #0996-3)
  • Formato: VHS
13[21]
1995 Third World Chaos
  • Lançado: 27 de junho, 1995
  • Gravadora: Roadrunner (RRV #0994-5)
  • Formato: VHS
6[22]
1997 We Are What We Are
  • Lançado: 28 de janeiro, 1997
  • Gravadora: Roadrunner (RRV #0991-8)
  • Formato: VHS
19[23]
2002 Chaos DVD
  • Lançado: 7 de outubro, 2002
  • Gravadora: Roadrunner (DVD #9065-9)
  • Formato: DVD
38[24]
2005 Live in São Paulo
  • Lançado: 8 de novembro, 2005
  • Gravadora: SPV (SPV #99527 2DVD)
  • Formato: DVD
1. Billboard Top Music Video Charts.

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Diretor
1989 "Inner Self" Aurelio Diaz[25]
1991 "Dead Embryonic Cells" Bill Henderson[25]
1992 "Arise"
1993 "Refuse/Resist" Peter Christopherson[25]
"Territory" Paul Rachman[25]
1994 "Slave New World" Thomas Mignone[25]
1996 "Roots Bloody Roots"
"Ratamahatta" Fred Stuhr[25]
"Attitude" Block[25]
1998 "Choke" Raul Machado[26]
2003 "Bullet the Blue Sky" Ricardo Della Rosa[26]
2004 "Mindwar"
2005 "Refuse/Resist" (ao vivo) Lecuck Ishida[27]
2006 "Convicted in Life" Luis Carone[28]
2008 "Ostia" Geraldo Moraes[29]
2009 "We've Lost You" André Moraes
"What I Do!" Sepultura
2013 "The Vatican" Rafael Kent
2017 "Phantom Self" Maurício Eça

Participação em Outros Projetos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 28 de outubro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  2. a b c «Australian charts portal». australian-charts.com. Consultado em 1 de agosto de 2008 
  3. «Austria Top 40 - Hitparade Österreich» (em alemão). austriancharts.at. Consultado em 1 de agosto de 2008 
  4. a b c «Les charts français» (em francês). lescharts.com. Consultado em 1 de agosto de 2008 
  5. a b «Chartverfolgung - Sepultura» (em alemão). Musicline.de. Consultado em 18 de março de 2009. Arquivado do original em 31 de julho de 2013 
  6. a b «Dutch charts portal» (em neerlandês). dutchcharts.nl. Consultado em 1 de agosto de 2008 
  7. a b «Norwegian charts portal» (em norueguês). norwegiancharts.com. Consultado em 1 de agosto de 2008 
  8. a b «Swedish Charts Portal» (em Swedish). swedishcharts.com. Consultado em 1 de agosto de 2008 
  9. a b «Die Offizielle Schweizer Hitparade und Music Community» (em alemão). hitparade.ch. Consultado em 1 de agosto de 2008 
  10. a b «Chart Stats - Sepultura». Chart Stats. Consultado em 25 de junho de 2008 
  11. a b «Artist Chart History - Sepultura». Billboard charts. Consultado em 31 de maio de 2008 
  12. Barcinski & Gomes 1999, p. 109
  13. a b c «The BPI - Search the Awards Database». British Phonographic Industry. Consultado em 31 de maio de 2008 
  14. a b «ARIA Charts - Accreditations - 1997 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 4 de julho de 2008 
  15. a b «Searchable Database». Recording Industry Association of America. Consultado em 31 de maio de 2008 
  16. «Search Certification Database». Music Canada. Consultado em 31 de maio de 2008 
  17. «Les Certifications Albums - Année 1997» (em francês). National Union of Phonographic Publishing. Consultado em 18 de março de 2009. Arquivado do original em 17 de dezembro de 2007 
  18. «Sepultura - Dante XXI Certified Gold in Cyprus». Brave Words & Bloody Knuckles. 21 Março 2007. Consultado em 23 de janeiro de 2009 
  19. «Finnish charts portal - Search for: Sepultura > Song». finnishcharts.com. Consultado em 16 de outubro de 2008 
  20. «Search the charts» (em Irish). Irish charts. Consultado em 22 de julho de 2008 
  21. «Top Music Video - Under Siege». Billboard. Nielsen Business Media. 11 de abril de 1992. Consultado em 4 de dezembro de 2008 
  22. «Top Music Video - Third World Chaos». Billboard. Nielsen Business Media. 5 de agosto de 1995. Consultado em 4 de dezembro de 2008 
  23. «Top Music Video - We Are What We Are». Billboard. Nielsen Business Media. 8 de março de 1997. Consultado em 4 de dezembro de 2008 
  24. «Top Music Video - Chaos DVD». Billboard. Nielsen Business Media. 14 de setembro de 2002. Consultado em 4 de dezembro de 2008 
  25. a b c d e f g Chaos DVD (DVD). Roadrunner Records. 2002 
  26. a b Live in São Paulo (DVD). Steamhammer/SPV. 2005 
  27. «Refuse/Resist | Sepultura | Music Video | MTV». MTV Networks. 20 de dezembro de 2005. Consultado em 16 de outubro de 2008 
  28. «Convicted in Life | Sepultura | Music Video | MTV». MTV Networks. 5 de setembro de 2006. Consultado em 16 de outubro de 2008 
  29. «Sepultura: "Ostia" Video Posted Online». Blabbermouth.net. 9 de janeiro de 2008. Consultado em 9 de dezembro de 2008. Arquivado do original em 31 de janeiro de 2009 
  30. cifraclubnews.com.br/ Uma conversa rock’n'roll com Xandão, do Rappa
  31. rollingstone.uol.com.br/ Andreas Kisser comenta parceria com Zé Ramalho: “Os estilos casaram perfeitamente”

Ligações externas[editar | editar código-fonte]