Agenor Lafayette de Roure

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Agenor Lafayette de Roure
Nascimento 28 de fevereiro de 1870
Nova Friburgo
Morte 18 de março de 1935 (65 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Ocupação político

Agenor Lafayette de Roure (Nova Friburgo, 28 de fevereiro de 1870Rio de Janeiro, 18 de março de 1935) foi um jornalista e político brasileiro.

Filho de Ernesto de Roure, fazendeiro, e de Angelina de Roure, ambos suíços.[1]

Foi ministro da Fazenda do governo provisório do triunvirato de João de Deus Mena Barreto, Isaías de Noronha e Augusto Tasso Fragoso, de 25 de outubro a 4 de novembro de 1930.[2][3] Foi também ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), tendo ocupado a cadeira de presidente no período de 1931 à 1934.[4] [5]

Referências

  1. Biografia na página do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC)
  2. Biografia[ligação inativa] na página do Ministério da Fazenda
  3. Almanaque Folha Ano 1930
  4. «Agenor Lafayette de Roure». Ambiente em Migração. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  5. União, Tribunal de Contas da. «Galeria de presidentes | Portal TCU». portal.tcu.gov.br. Consultado em 5 de novembro de 2020 


Precedido por
Francisco Chaves de Oliveira Botelho
Ministro da Fazenda do Brasil
1930
Sucedido por
José Maria Whitaker