Agesilau I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Agesilau I (em grego: Αγησίλαος Α΄) foi rei da cidade-Estado grega de Esparta de 820 a.C. até 790 a.C. (957 a.C. a 913 a.C., segundo Jerônimo de Estridão[1]) ano da sua morte, pertenceu à Dinastia Ágida.

Agesilau foi o filho e sucessor de Dorisso[2], e foi sucedido por seu filho Arquelau[3].

Segundo Pausânias, Agesilau foi logo morto[Nota 1], e foi durante seu reinado que Licurgo estabeleu as leis dos espartanos, segundo umas versões baseado em ensinamentos da Pítia, segundo outras baseando-se em leis cretenses; os cretenses diziam que estas leis eram originárias de Minos, que teve ajuda divina em sua elaboração[2][Nota 2].

Ver também[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Dorisso
Rei ágida de Esparta
790 - 760 a.C.
Sucedido por
Arquelau


Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Clough, Arthur Hugh (1867), "Agesilaus I", in Smith, William, Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, 1, Boston: Little, Brown and Company, pp. 69
  • Pausânias, Descrição da Grécia iii. 2. § 3
  • Clinton, Fasti, i. p. 335

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Segundo Jerônimo de Estridão, ele reinou por 44 anos
  2. Segundo Heródoto, as leis de Licurgo foram estabelecidas no reinado do avô de Agesilau, Leobates

Referências[editar | editar código-fonte]