Aglomerado de Virgem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aglomerado de Virgem
O Aglomerado de Virgem com suas principais galáxias.
O Aglomerado de Virgem com suas principais galáxias.
Dados observacionais (J2000)
Constelação Virgo & Coma Berenices
Asc. reta 12h 27m[1]
Declinação +12° 43′[1]
Número de Membros ~1500[1]
Membro Brilhante M87
Outras denominações
Grupo Virgem I

O Aglomerado de Virgem a uma distância de aproximadamente 59 ± 4 Mly (18 ± 1.2 Mpc)[2] de distância, na direção da constelação de Virgo. Abrange aproximadamente 1300 (e possivelmente os 2000) galáxias membros,[3] o aglomerado forma a cabeça do Superaglomerado local, do qual o Grupo Local faz parte. A massa total estimada é de 1.2 × 1015 M até 8 graus do centro do aglomerado ou num raio de 2.2 Mpc.[2]

Muitas das galáxias mais brilhantes do aglomerado, incluindo a grande galáxia elíptica M87, que foi descoberta entre o anos 1770 e 1780 e subseqüentemente incluída no catálogo de Charles Messier que continham objetos difusos. Descobertas como nebulosas com estrelas, a sua verdadeira natureza foi descoberta nos anos 1920.[4]

O aglomerado subtende um arco máximo de aproximadamente 8 graus centrado na constelação de Virgem. Muitas das galáxias membros do aglomerado podem ser vistas com um pequeno telescópio.

O aglomerado é uma mistura heterogênea de galáxias espirais e elípticas. Em 2004, acredita-se que todas as espirais do aglomerado estão distribuídas em um longo filamento esferóide, com um tamanho de aproximadamente 4 vezes o da Via Láctea.[5] As galáxias elípticas estão mais concentradas no centro do aglomerado do que as espirais.

O aglomerado ainda é dividido em três subgrupos centradas em torno das galáxias M87, M86 e M49. Um dos três subgrupos, o centrado em torno de M87 é o dominante, como uma massa total estimada de 1014 massas solares, então sendo aproximadamente maior em ordem de magnitude do que os outros dois subgrupos.[6]

A grande massa do aglomerado está indicado por ter altas velocidades peculiares de muitas destas galáxias, como umas velocidades de 1600 km/s com o respectivo centro do aglomerado.

O Aglomerado de Virgem domina o Superaglomerado local, e os efeitos gravitacionais de diminuição de velocidade afetam as galáxias próximas. A grande massa do aglomerado tem efeito de diminuir a velocidade de recessão do Grupo Local no aglomerado aproximadamente em 10%.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «NASA/IPAC Extragalactic Database». Results for Virgo Cluster. Consultado em 19 de outubro de 2006 
  2. a b Fouqué, P.; Solanes, J. M.; Sanchis, T.; Balkowski, C. (2001). «Structure, mass and distance of the Virgo cluster from a Tolman-Bondi model». Astronomy and Astrophysics. 375: 770-780. doi:10.1051/0004-6361:20010833 
  3. Ver Aglomerado de Virgem.
  4. Following the entry for M91 in the Connoissance des Temps for 1784, Messier added the following note:
    The constellation of Virgo, & especially the northern Wing is one of the constellations which encloses the most Nebulae: this Catalog contains thirteen which have been determined: viz. Nos. 49, 58, 59, 60, 61, 84, 85, 86, 87, 88, 89, 90, & 91. All these nebulae appear to be without stars: one can see them only in a very good sky, & near their meridian passage. Most of these nebulae have been pointed to me by Mr. Méchain. (see M91.)
  5. M. Fukugita, S. Okamura, N. Yasuda (1993). «Spatial distribution of spiral galaxies in the Virgo Cluster from the Tully-Fisher relation». Astrophysical Journal. 412: L13-L16. doi:10.1086/186928 
  6. The Virgo Super Cluster: home of M87 (with frames)
Grupo Local e próximos
Grupos de Galáxias
Grupo do Escultor · Grupo IC 342/Maffei · Grupo M81 · Grupo Centaurus A/M83 · Grupo M96 · Grupo M94 · Grupo M101 · Trio do Leão · Grupo M51 · Grupo NGC 5866
Aglomerados de Galáxias
Aglomerado de Virgem · Aglomerado Fornax · Aglomerado Eridanus