Agmatina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Agmatina
Alerta sobre risco à saúde
Agmatine.svg
Nome IUPAC 1-(4-Aminobutil)guanidina[1]
Identificadores
Número CAS 306-60-5
PubChem 199
Número EINECS 206-187-7
ChemSpider 194
KEGG C00179
MeSH Agmatine
ChEBI 17431
SMILES
3DMet B00052
Propriedades
Fórmula química C5H14N4
Massa molar 130.19 g mol-1
Densidade 1.2 g/ml
Ponto de fusão

101,5–103 °C[2]

Ponto de ebulição

281 °C, 554 K, 538 °F

Solubilidade em água high
log P −1.423
Basicidade (pKb) 0.52
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Agmatina, uma aminoguanidina ((4-aminobutil)guanidina), foi descoberta em 1910 pelo laureado com o Nobel Albrecht Kossel.[3] É um composto natural comum sintetizado pela decarboxilação do aminoácido arginina, por conseguinte, também conhecido como arginina descarboxilada.

Referências

  1. «agmatine (CHEBI:17431)». Chemical Entities of Biological Interest. UK: European Bioinformatics Institute. 15 de agosto de 2008. Main. Consultado em 11 de janeiro de 2012. 
  2. Thieme Chemistry (Hrsg.): Römpp Online. Version 3.1. Georg Thieme Verlag, Stuttgart 2007.
  3. Kossel, Albrecht 1910. Über das Agmatin. Zeitschrift für Physiologische Chemie 66: 257-261