Agosto (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Agosto
Autor (es) Rubem Fonseca
Idioma português
País Brasil Brasil
Género Romance policial
Editora Record/Altaya
Lançamento 1990
Edição portuguesa
Editora Dom Quixote
Lançamento 1991
Páginas 280
ISBN 972-20-0899-4
Edição brasileira
Editora Record/Altaya

Agosto é um livro de Rubem Fonseca publicado em 1990 no Brasil.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O livro tem como pano de fundo os acontecimentos que culminaram no suicídio de Getúlio Vargas, em agosto de 1954. Mesclando ficção e realidade, conta a história do assassinato de um empresário e as investigações, cujas pistas levaram o investigador Mattos ao palácio do Catete e poderiam incriminar pessoas próximas do presidente e ligadas à crise política do país.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Comissário Alberto Mattos – investigador do Departamento Federal de Segurança Pública
  • Rosalvo – agente de polícia, colega de Mattos
  • Alice – ex-namorada de Alberto Mattos, casada com Pedro Lomagno
  • Salete Rodrigues – namorada de Mattos, mantém relação extraconjugal com Luiz Magalhães
  • Luiz Magalhães – deputado
  • Chicão – de nome completo Francisco Albergaria, negro, praticante de boxe, mantém relação com Pedro Lomagno e Paulo Gomes Aguiar
  • Gregório Fortunato – chefe da guarda pessoal de Getúlio Vargas
  • Pedro Lomagno – mantém caso com Laura Gomes Aguiar
  • Paulo Machado Gomes Aguiar – político assassinado a 1 de agosto de 1954, era presidente da Cemtex
  • Laura Gomes Aguiar – mulher de Paulo Gomes Aguiar
  • Vitor Freitas – senador corrupto

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.