Agricultura extensiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde novembro de 2011). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

Agricultura extensiva é caracterizada geralmente pelo uso de técnicas rudimentares ou tradicionais na produção. Normalmente é utilizada para mercado interno ou para subsistência. Esse tipo de agricultura pode ser encontrado tanto nas pequenas propriedades quanto nas grandes com o predomínio da mão de obra humana e baixa mecanização. A falta de investimento em alta tecnologia, como sementes modificadas, tratores e colheitadeiras, adubos e agrotóxicos é também uma característica desse tipo de agricultura. Um exemplo é a agricultura familiar ou de subsistência, mais ecológica e de ocupação descontínua do solo ao longo do ano, em oposição ao sistema intensivo.

E os principais Produtos fabricados são: bovinos, suínos,vegetais e leite.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Agricultura extensiva
Ícone de esboço Este artigo sobre Agricultura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.