Agustín Allione

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Agustín Allione
Informações pessoais
Nome completo Agustín Lionel Allione
Data de nasc. 28 de outubro de 1994 (23 anos)
Local de nasc. Santa Fé, Argentina
Nacionalidade Argentino
Italiana[1]
Altura 1,70 m
Ambidestro
Apelido Peluche, Allionel Messi
Informações profissionais
Clube atual
Número 8
Posição Meio-campo
Clubes de juventude
20092011 Vélez Sársfield
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20112014
2014
2017
Vélez Sársfield
Palmeiras
Bahia (emp.)
00072 00000(7)
00066 00000(5)
00041 00000(3)
Seleção nacional
2011
2013
Argentina Sub-17
Argentina Sub-20
00008 00000(0)
00002 00000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 15 de outubro de 2017.

Agustín Lionel Allione, mais conhecido como Agustín Allione ou apenas Allione (Santa Fé, 28 de outubro de 1994) é um futebolista argentino que atua como meia. Atualmente joga pelo Bahia, por empréstimo do Palmeiras.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Vélez Sarsfield[editar | editar código-fonte]

Agustín Allione começou nas categorias de base do FC Belgrano, de Sancti Spiritu, uma cidade que fica a 20 quilômetros de sua cidade natal. Onde, então, partiu para o clube Vélez Sarsfield. Allione fez sua estréia na Primeira divisão da Argentina aos 17 anos, jogando pelo Vélez, entrando em campo numa vitória por 2-1 sobre o Atlético de Rafaela em 2012. Em 3 de agosto, ele estreou como titular na Primeira Divisão com uma vitória por 3-0 sobre o Argentinos Juniors.

O meio-campista fez 14 aparições durante a parte inicial do campeonato pelo Vélez, incluindo quatro como titular. Ele desempenhou um papel fundamental no suporte 17 contra All Boys, dando assistência a Lucas Pratto no primeiro gol da vitória por 2-0 que deixou a sua equipe como líder da competição.

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

2014[editar | editar código-fonte]

Em 24 de julho de 2014 assinou contrato com o Palmeiras até 2019.[2] Allione fez sua estreia pelo clube em 31 de julho num jogo amistoso contra a Fiorentina pela Copa Euro Americana de 2014.

Durante o ano de 2014, Allione se envolveu em polêmicas com o técnico Dorival Júnior, até então técnico do Palmeiras, alegando que o técnico não o utilizava durante as partidas. Também, acabou sendo expulso durante algumas partidas. Em dezembro, pouco após a demissão de Dorival no Palmeiras, Allione usou seu Twitter para republicar ofensas ao caráter e à personalidade do técnico. Mas, em sua primeira entrevista coletiva em 2015, disse se sentir responsável pelas poucas chances no ano passado, já que recebeu dois cartões vermelhos. Na coletiva, disse: "Nunca tinha sido expulso. Foram erros que cometi, mas vou tentar mudar porque é importante para mim e para a equipe".[3]

2015[editar | editar código-fonte]

Em 2015, Allione fez sua primeira partida pelo Campeonato Paulista de 2015, numa vitória sobre o Audax por 3-1, onde foi escolhido como o homem do jogo, dando duas assistências para os gols de Leandro Pereira e Robinho. [4]

Em 2 de dezembro de 2015, sagrou-se campeão da Copa do Brasil de 2015 pela equipe na decisão contra o Santos que representou a primeira finalíssima da história disputada no Allianz Parque[5].

2016[editar | editar código-fonte]

No mês de janeiro, logo no 1º jogo da equipe alviverde, fez um dos gols da vitória por 2-0 sobre o Libertad, do Paraguai, no Estádio Centenário, pela Copa Antel disputado no Uruguai.

No jogo contra o Rosario Central válido pela Copa Libertadores da América de 2016, marcou o segundo gol do time na vitória por 2-0, realizado no Allianz Parque.

Com a chegada do técnico Cuca teve mais espaço no time, na partida válida pela Copa Libertadores da América de 2016 contra o River Plate (URU), fez dois gols na vitória de 4-0 sobre o time uruguaio, apesar Palmeiras ser eliminado, Allione foi eleito o melhor jogador da partida.[6]

Na Copa Libertadores da América de 2016, sofreu mais uma lesão muscular que o fez perder espaço no time.[7] Apesar de sua irregularidade, é tratado no clube como um jogador promissor de grande futuro.

Bahia[editar | editar código-fonte]

2017[editar | editar código-fonte]

Em 13 de janeiro de 2017, foi emprestado ao Bahia.[8] Seu primeiro jogo pelo Bahia foi diante do time do Fortaleza, no dia 26 de janeiro de 2017, marcou seu primeiro gol pelo tricolor na goleada de 6 x 0 contra o Bahia de Feira e deu duas assistências.

Allione, atuações destacadas no seu início de temporada com Bahia alcançou logo um relativo sucesso, com destaque logo virando xodó da torcida, com dribles rápidos e puxadas em velocidade pela ponta, com destaque fazer o gols e assistências com destaque nos ba-vis da semifinal da copa do Nordeste onde no primeiro jogo foi eleito o melhor em campo, com êxito que obteve contra o time rival, mesmo com o time perdendo foi melhor, já no segundo foi decisivo com grandes jogadas é um grande destaque ao lado de Régis, onde marcou um golaço de fora da área.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vélez Sarsfield
Palmeiras
Bahia

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Bahia

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]