Ahmed I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ahmed I
Nascimento 18 de abril de 1590
Manisa
Morte 22 de novembro de 1617
Istambul
Cidadania Império Otomano
Progenitores Mãe:Handan
Pai:Mehmed III
Cônjuge Kösem, Mahfiruze Hatice, Fatma Hatun
Filho(s) Osman II, Murad IV, Ibrahim I, Gevher, Hanzade, Fatma, Şehzade Kasim, Şehzade Suleiman, Hanzade, Şehzade Mehmed, Ayşe, Abide, Şehzade Bayezid, Şehzade Selim, Şehzade Orhan
Ocupação político
Religião Islão
Causa da morte febre tifoide, tifo
Assinatura
Tughra of Ahmed I.JPG

Ahmed I ( احمد اول Aḥmed-i evvel em turco otomano, I.Ahmet em turco) (Manisa, 18 de abril de 1590 – Istambul, 22 de Novembro de 1617) foi o Sultão do Império Otomano de 1603 até morrer.

Ahmed I sucedeu seu pai Mehmed III em 1603 e se tornou o primeiro Sultão otomano a chegar ao trono antes da maioridade. Ele tinha inclinação gentil e humana, como demonstrou ao recusar-se a assassinar seu irmão Mustafa (depois Mustafa I), que o substituiu no sultanato em 1617. Ele era conhecido por sua habilidade em esgrima, equitação, e fluência em numerosas línguas.

No início de seu reinado Ahmed I mostrou convicção e vigor, no que foi desmentido por sua conduta subseqüente. As guerras em que estava envolvido o Império durante sua ascensão, contra a Hungria e a Pérsia, terminaram de forma desfavorável, e seu prestígio foi posto em xeque ao assinar a Paz de Zsitvatorok, em 1606, pela qual o tributo anual pago pela Áustria foi abolido. Geórgia e Azerbaijão foram cedidos para a Pérsia.

Ahmed I se entregou aos prazeres no restante de seu governo, e desmoralização e corrupção se tornaram tão comuns quanto a indisciplina no exército. Diz-se que o uso do tabaco foi introduzido no Império durante seu governo. Ahmed I morreu de tifo em 1617.

Hoje Ahmed I é lembrado pela construção da Mesquita do Sultão Ahmed (ou Mesquita Azul), uma das obras-primas da arquitetura islâmica. A área de Istambul em torno da mesquita é chamada hoje de Sultanahmet. Ele está enterrado num mausoléu nas proximidades da mesquita que leva seu nome.


Precedido por
Mehmed III
Sultão Otomano
16031617
Sucedido por
Mustafa I
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ahmed I