Aigle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Aigle
Brasão da comuna de Aigle
{{{2}}}
O Castelo de Aigle
Cantão Flag of Canton of Vaud.svg Vaud
Distrito Aigle
Língua(s) oficial(is) francês
Coordenadas 46° 19′ 05″ N 6° 58′ 01″ E
Altitude 415 m n.m.m.
Área 16.41 km²
População ()
 - Densidade
9 255 hab.
564 hab/km²
Fracções
Fronteiras Yvorne, Leysin, Ormont-Dessous, Ollon e no Flag of Canton of Valais.svg Valais Collombey-Muraz e Vouvry
Código postal 1277
Website Aigle.ch
Comuna de Aigle a destacado.

Aigle é uma comuna suíça do Cantão de Vaud, pertencente ao distrito de d'Aigle, da qual é a capital e que fica rodeada por Yvorne, Leysin, Ormont-Dessous, Ollon e no Flag of Canton of Valais.svg Valais Collombey-Muraz e Vouvry.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1885 começa a falar-se entre o habitantes e os directores dos hotéis e sanatórios de Leysin de uma ligação por eléctrico e em Setembro de 1891 é feito um pedido para a criação de um caminho de ferro misto, aderência/cremalheira, entre Aigle e Leysin, a Linha Aigle-Leysin (AL), com 6,9 km de comprimento. Uma petição é lançada por Aigle-Aldeia para a construção de uma estação de caminho de ferro

Depois de ser ter optado pela bitola métrica, foi aberta uma porção por eléctrico entre Aigle e o Grande Hotel dos Banhos, em Aigle. A inauguração teve lugar a 5 de Maio de 1910, quando se trabalhava na extensão até Feydey, que ela foi inaugurada a 5 de Novembro desse ano.

Castelo[editar | editar código-fonte]

Em 1489, depois de um incêndio de 1475, foi reconstruído o castelo que havia sido edificado nos séculos XI e XII. Durante a ocupação pelos Senhores de Berna ele serviu de residência dos governadores, e posteriormente como prisão. Em 1973 depois destas terem ido para local próprio, procedeu-se à restauração do castelo para aí se instalar o Museu da vinha e do vinho que foi aberto em 1976 em pleno centro de uma região de velhas tradições vinícolas, a da região de Lavaux.

O Castelo de Aigle está nomeio das vinhas e de uma tradição vinícola milenária onde o Chasselas, que produz o vinho branco seco, ocupa uma posição central. Esta vinha é cultivada no Vale do Ródano e na região do Lago Lemano no cantão de Flag of Canton of Vaud.svg Vaud , principalmente em Lavaux, um sítio inscrito ai Património Mundial da UNESCO

Museu da Vinha e do Vinho[editar | editar código-fonte]

O Museu da Vinha e do Vinho de Aigle encontra-se no Castelo de Aigle no Flag of Canton of Vaud.svg Vaud . Foi fundado pela Confrérie du Guillon para salvar o património vinícola vaudois, o museu reúne vários objectos relacionados com a vinha e o vinho. O museu aborda estes temas sob o ponto de vista da paisagem como o Lavaux, da biodiversidade, e da educação do gosto.

Transportes[editar | editar código-fonte]

Graças à sua posição entre planície e montanha é um importante encontro de linhas de caminho de ferro como os oferecidos pelos Transportes públicos do Chablais (TPC), pois que além de uma boa rede de autocarros ainda tem:

Combóio[editar | editar código-fonte]

Estrada[editar | editar código-fonte]

Estrada nacional

  •  9 : Vallorbe - Lausana - Aigle - Sion - Briga - Colo do Simplon
  • 11 : Vionnaz - Aigle - Colo des Mosses - Spiez - Wassen

Autoestrada

Imagens[editar | editar código-fonte]

A cidade tem três quarteirões importantes, o do Burgo, da Capela, da Fonte.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]