Aiguille de Bionnassay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aiguille de Bionnassay
Aiguille de Bionnassay
Aiguille de Bionnassay está localizado em: Alpes
Aiguille de Bionnassay
Localização nos Alpes
Coordenadas 45° 50' 09" N 6° 49' 05" E
Altitude 4052 m
Posição: Ródano-Alpes - Vale de Aosta
Proeminência 164 m
Listas 4000s dos Alpes
Localização  França -  Itália
Cordilheira Maciço do Monte Branco
Primeira ascensão 28 de julho de 1865 por E. N. Buxton, F. C. Grove et R. J. S. MacDonald avec Jean-Pierre Cachat e Michel Payot,
Rota mais fácil Aresta sul (PD) a partir do refúgio Durier

A Aiguille de Bionnassay é um cume do Maciço do Monte Branco, na fronteira França-Itália, atingindo 4052 m de altitude mas apenas 164 m de proeminência topográfica.

Com esta altitude, faz parte dos cumes dos Alpes com mais de 4000 m, e é citada no n.º 49 das 100 mais belas corridas de montanha.

Este acidente geográfico faz parte da divisória de águas entre o Mar Adriático e o Mar Mediterrâneo.

Linha de fronteira[editar | editar código-fonte]

A montanha encontra-se a oeste da linha de fronteira França-Itália, a cerca de 4 km do Monte Branco. Tem a oeste a Dôme du Goûter, com 4304 m, e o Piton des Italiens, com 4002 m, e está ligada a estes cumes pelo colo de Bionnassay a 3888 m. A aresta sul, onde se encontra o Refúgio Durier, liga o Dôme de Miage, por esse colo a 3367 m de altitude.

Inteiramente coberta de neve, a face norte é obviamente gelada, e aí nasce o glaciar de Bionnassay que na face sul, virada para a Itália. vai juntar-se com o glaciar de Miage para terminar no vale Veny. A sudeste, o glaciar du Dôme vai reunir-se com o glaciar de Miage.

Ascensões[editar | editar código-fonte]

A primeira escalada teve lugar em 28 de julho de 1865 e foi feita pelos ingleses Buxton, Grove e McDonald, guiados por Jean-Pierre Cachat e Michel Payot. Feita pela vertente noroeste, de nível AD e uma inclinação máxima de 55%, é uma clássica a partir do Refúgio de Tête Rousse.

A via normal atual, pela aresta sul, foi feita a 13 e 14 de julho de 1888 por G. Gruber com Kaspar Maurer e Andreas Jaun. Igualmente muito frequentada, pode ser precedida pela travessia da Cúpula de Miage, pernoitando na Refúgio Durier, e seguida na direção do Monte Branco pelo Piton des Italiens e o Dôme du Goûter, e depois o Monte Maudit e o Monte Blanc du Tacul, para chegar à Aiguille du Midi, e fazer-se assim a chamada via dos Três Montes Brancos.

Pelo lado da Itália, pode ser atacada a partir do Refúgio Gonella, pela aresta nordeste, do tipo (PD).

Imagens[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aiguille de Bionnassay


Referências