AirPrint

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
AirPrint
Desenvolvedor Apple Inc. e Hewlett-Packard
Lançamento 22 de novembro de 2010 (10 anos)

AirPrint é um recurso dos sistemas operacionais macOS e iOS da Apple Inc. para impressão através de uma rede LAN sem fio (Wi-Fi),[1] [2] diretamente para impressoras compatíveis com AirPrint ou para impressoras compartilhadas não compatíveis por meio de um computador executando Microsoft Windows, Linux [3] ou macOS.[4][5] O AirPrint não requer drivers específicos da impressora. Ele foi originalmente projetado para dispositivos iOS e conectado apenas por meio de uma rede Wi-Fi e, portanto, exigia um ponto de acesso Wi-Fi. No entanto, com a introdução do AirPrint na plataforma de desktop macOS em 2012, os Macs conectados à rede via conexão Ethernet também poderiam imprimir usando o protocolo AirPrint - não apenas aqueles conectados via Wi-Fi. A conexão Wi-Fi Direct entre o dispositivo e a impressora não é suportada por padrão,[6] mas apareceu como o recurso 'HP ePrint Wireless Direct AirPrint'.

Histórico e compatibilidade[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento do iPad em 2010, as preocupações de usuários foram levantadas sobre a incapacidade do produto de imprimir, pelo menos por meio de uma solução com suporte da Apple. O fundador e CEO da Apple, Steve Jobs, teria respondido "Isso virá" em maio de 2010 a pedido de um usuário para imprimir.[7]

A introdução do AirPrint no outono de 2010, como parte do iOS 4.2, deu aos iPhones e iPads capacidade de impressão pela primeira vez. O AirPrint para computadores Mac foi introduzido no lançamento do Mac OS X Lion.[6]

No lançamento, doze impressoras eram compatíveis com o AirPrint,[8] todas da série HP Photosmart Plus e-All-in-One. Em julho de 2020, esse número havia crescido para cerca de 6.000 modelos de impressoras compatíveis de duas dúzias de fabricantes diferentes. A lista atual pode ser encontrada no site de suporte da Apple. [6] A tecnologia relacionada é coberta pela US patent 2011194123A1 .

Suporte a impressoras antigas[editar | editar código-fonte]

Uma série de soluções de software permite que impressoras não AirPrint sejam usadas com dispositivos iOS, configurando o suporte em um sistema intermediário acessível via Wi-Fi, conectado à impressora. Como o AirPrint não tem driver, tal configuração compensa a falta de suporte nativo do AirPrint da impressora usando os drivers no sistema intermediário.

A solução mais simples para todas as plataformas é criar um novo serviço Bonjour que engane os clientes iOS fazendo-os acreditar que estão falando com um dispositivo AirPrint. Muitos posts de blog e produtos de software comercial existem para fazer isso, bem como soluções de código aberto no Linux.[3] Isso funciona em muitos casos porque o AirPrint é uma extensão do Internet Printing Protocol (IPP), que muitas impressoras já suportam, seja diretamente ou como resultado de ser compartilhado por meio de um sistema intermediário (normalmente CUPS, o sistema de impressão Mac/Linux). No entanto, essa abordagem é limitada, pois os componentes específicos do protocolo AirPrint estão ausentes. Isso pode levar a problemas de compatibilidade e resultados inesperados. Alguns pacotes de software resolvem isso completamente traduzindo entre os dois "dialetos" do IPP, evitando problemas de compatibilidade, enquanto a maioria apenas compartilha impressoras novamente usando o nome do serviço AirPrint.

Para o Microsoft Windows, existem soluções gratuitas[9] e pagas.[10]

No macOS, existe um serviço Bonjour que permite o suporte do AirPrint para impressoras antigas.[11] Softwares comerciais do macOS para esse propósito incluem o Netputing handyPrint [12] e Ecamm Printopia.[13]

Na maioria das distribuições GNU/Linux, o suporte do AirPrint deve ser automático com o subsistema de impressão padrão CUPS desde a versão 1.4.6 (como Trisquel 5 e Ubuntu 11.04 [14]). Os servidores CUPS anteriores à versão 1.4.6 com descoberta de serviço baseada em DNS também podem ser configurados manualmente, adicionando registros de descoberta de serviço de impressora DNS-SD a um servidor de nomes.[15]

Aplicativos e utilitários[editar | editar código-fonte]

Existem várias soluções de terceiros, disponíveis na Apple App Store e em outros lugares, que permitem imprimir em impressoras legadas diretamente ou por meio de um aplicativo auxiliar. Netgear Genie, para Mac OS X 10.6 ou superior e Windows XP, Vista, 7 e 8 . O Genie permite que qualquer impressora conectada à rede compartilhada seja acessível via AirPrint. O aplicativo é gratuito para clientes dos roteadores Netgear atuais.[16] Printopia Pro é uma solução comercial projetada para permitir que o AirPrint funcione em grandes redes empresariais e educacionais. Ele oferece recursos úteis para grandes organizações, incluindo gerenciamento centralizado, integração de diretório e permite que o AirPrint opere em sub-redes . Ele requer um servidor executando Mac OS X 10.7 ou posterior, e um servidor pode servir potencialmente a uma organização inteira.[17]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Software update», iPad, UK: Apple 
  2. «AirPrint» (Nota de imprensa). UK: Apple. 15 de setembro de 2010 
  3. a b Finnie, Ryan (13 de novembro de 2010). «AirPrint & GNU/Linux» (how-to). Consultado em 2 de novembro de 2013 
  4. AirPrint: how to make it work for shared printers, TUAW, 11 de novembro de 2010 
  5. «Printing from iPad AirPrint via Cups» (how-to). Rho. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  6. a b c «About AirPrint». Apple. 28 de setembro de 2015. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  7. Kim, Arnold (9 de maio de 2010). «Steve Jobs Says Printing "Will Come" for iPad». MacRumors. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  8. Kovach, Steve (7 de janeiro de 2011). «Only 12 Printers Work With Apple's AirPrint — Here's The List (AAPL, HPQ)». The San Francisco Chronicle. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  9. «AirPrint Installer». Forums.macrumors.com. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  10. «Collobos Presto». Collobos.com. Consultado em 14 de junho de 2014 
  11. «AirPrint enable your legacy printer». Rigsb.net. Consultado em 2 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 10 de junho de 2015 
  12. «handyPrint (formerly known as AirPrint Activator)». Netputing.com. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  13. «Ecamm Printopia». Ecamm.com. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  14. «Please test AirPrint on Natty and Oneiric». Ubuntu Developers Mailing List. Junho de 2011. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  15. «DNS Service Discovery». Dns-sd.org. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  16. «Netgear Genie App Makes Any Printer Airprint-Compatible». Netgear.co.uk. Consultado em 2 de novembro de 2013 
  17. «iPhone and iPad printing for Enterprise». Printopia Pro. Consultado em 2 de novembro de 2013